quinta-feira, 12 de maio de 2011

Não permitam o estabelecimento de uma verdadeira ditadura no Brasil, a homossexual

Aos Excelentíssimos Senhores Senadores e Deputados,

Saudações,

Tenho acompanhado com apreensão a implantação de uma ditadura em nosso país. A ditadura do homossexualismo. Essa ditadura tem sido, patente e ousadamente, apoiada pelo Poder Executivo através de seus ministérios da Educação, da Justiça e da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania. Cito apenas o exemplo do Plano Nacional de Direitos Humanos e Cidadania LGBT, que é uma grande expressão do irrestrito apoio do Poder Executivo à ditadura homossexual. Esse apoio tem sido celebrado pelos grupos LGBTS na grande mídia.

Os poderes judiciário e legislativo também têm manifestado apoio a implementação dessa ditadura. Há poucos dias o Brasil foi impactado com a decisão da Suprema Corte do país, apoiando a união entre pessoas de mesmo sexo (união homossexual). O poder legislativo tem sido muito influenciado para que a PL 122 seja aprovada de modo escuso. Dentro do congresso há uma verdadeira manipulação de termos, leis e estatísticas que contribuem para a ditadura homossexual.

Excelentíssimos Senhores, apelo para que haja um posicionamento firme de Vossas Excelências contra a ditadura homossexual promovida pelo governo; apoiada pelo judiciário e por certos elementos do legislativo brasileiro. Há a necessidade desse posicionamento de Vossas Excelências, pois a ditadura homossexual derrubará princípios pétreos de nossa Constituição, especialmente, o princípio de liberdade de crença, de pensamento e de expressão. Além disso, os senhores sabem que milhões de brasileiros não concordam com a homofobia e nem aceitam a filosofia homossexual. Contudo, esses milhões de brasileiros assistem, indefesos e sem voz expressiva no Congresso, recursos federais e ações explícitas de autoridades brasileiras apoiando a filosofia LGBT. Mas, acima de tudo, a ditadura homossexual é contra a família e contra os princípios básicos cristãos. Sabemos que o Brasil é um estado laico. Mas, o fato é que o cristianismo é a religião majoritária do nosso Brasil. Sendo assim, qualquer apoio a filosofia homossexual é lutar contra a maioria do povo brasileiro. Portanto, Vossas Excelências, por ofício e necessidade de sobrevivência política, precisam ser, sabia e contundentemente, contra a ditadura homossexual que se implanta no Brasil.

Excelentíssimos Senadores e Deputados, não se combate a homofobia se estabelecendo uma ditadura LGBT. Os senhores sabem que temos leis suficientes para punir a violência contra homossexuais. Vossas Excelências compreendem que a mãe da homofobia se chama impunidade. A impunidade que reina no Brasil, permitindo que ladrões, assassinos e agressores ajam contra os brasileiros, independentemente, da crença, da raça, do gênero ou da preferência sexual das suas vítimas. Por isso, solicito que Vossas Excelências busquem lutar contra a homofobia, fazendo valer as leis já existentes. Entretanto, percebam que o apoio à ditadura homossexual não consolidará o estado de direito. Pelo contrário, criará um estado cheio de conflitos de direitos, congestionará o precário judiciário e atentará contra a célula da nação que é a família brasileira. Tudo isso servirá para desestabilizar a nossa nação. Por isso, rogo que Vossas Excelências dissuadam do Brasil a ditadura homossexual.

Portanto, rogo a Deus para que os excelentíssimos senhores reajam e honrem os vossos mandatos. Esses mandatos foram dados por Deus através do voto do povo brasileiro, por isso, há a necessidade que estes sejam honrados. A honra do mandato se manifestará nas vossas ações contra as ações pró-homossexualismo, independentemente, da sua origem. Por isso, rogo a ação de Vossas Excelências na supervisão das ações do Executivo, da constitucionalidade da ação do STF e no combate a qualquer projeto ou lei que ajude no estabelecimento de uma verdadeira ditadura no Brasil, a homossexual. Sem mais no momento.

Respeitosamente,

Recife, 12 de maio de 2011

Adriano Gama e família

3 comentários:

Marcos Sampaio disse...

Caro Adriano,

Parabéns pelo seu contínuo trabalho na web!.

Se permite,

Diversos assuntos têm inquietado muitos de nós e a internet tem sido um espaço precioso onde podemos discutir diferentes pontos de vista sobre a religião, cultura, política e, sobretudo, o que acontece na sociedade seja no Brasil como em todo o mundo.

E essa é a proposta do blog independente Conversa Protestante, ou seja, o pensamento e a expressão de idéias sobre tudo aquilo que está ao nosso redor.

Faça uma visita e, se gostar coloque o nosso link em seu blogroll e nos acompanhe!.

http://conversaprotestante.blogspot.com

abs.

Anônimo disse...

Caro irmão e amigo, Pr. Adriano. O senhor usou de palavras muito sábias e não apenas úteis, mas necessárias. Palavras que todos nós cristãos já deveríamos ter dito há muito tempo. Agora que a situação chegou a tal ponto, creio que devemos nos articular de uma forma mais organizada. Creio que devemos reunir todos os argumentos contra a PL 122. Já estou trabalhando no aspecto jurídico, e peço a ajuda do irmão para acrescer os problemas dessa lei no aspecto religioso, principalmente, mas também social, filosófico, etc.
Deveríamos mandar uma carta como essa do senhor e anexar essa lista de problemas da PL 122, e os argumentos contra a mesma. Abraço ao senhor e a sua família. Victor (maragogi)

Filósofo Calvinista disse...

Prezado Rev.Adriano:

Quanto tempo! Esse é um tema que deve preocupar o povo de Deus. Escrevi recentemente um post intitulado "heterofobia: preconceito e perseguição aos heterossexuais". Em:

http://www.filosofiacalvinista.blogspot.com/

Se tiveres um tempinho dá uma passada lá.

Tudo de bom!