sábado, 14 de novembro de 2009

Cumpra o Sétimo Mandamento e mantenha a santidade do sexo no meio de um mundo pervertido

Sermão preparado pelo Rev. Adriano Gama sobre a doutrina bíblica exposta no Dia do Senhor 41 do Catecismo de Heidelberg


Texto: Dia do Senhor 41
Leitura: Gn 1.26-28; Êx 20.14; Lv 18.19-30; Ef 5.1-12.

Querida Congregação de Cristo e visitantes,

O Catecismo agora trata sobre o Sétimo Mandamento: Não adulterarás. Esse mandamento é dado por Deus para manter a santidade do sexo.
A igreja deve entender que o sexo é um dom que o Senhor Deus concedeu aos casais. Ele fez isto para garantir a propagação da vida humana e a continuação dessa vida no mundo.
Agora o homem, depois da Queda no Éden, corrompeu o uso desse dom. O descendente de Caim, Lameque, homem malvado, é o primeiro a tomar duas mulheres como suas esposas (Gn 4.19). Em Lameque aprendemos a corrupção do casamento e a corrupção do uso do sexo também, pois Deus estabeleceu o sexo para ser usado dentro do casamento entre um homem e uma mulher.
E da Queda para cá cresceu as distorções do sexo. Podemos ver isto claramente na passagem de Lv 18.1-30 (veja em casa toda essa parte). O Senhor Deus nessa passagem narra as praticas sexuais que eram comuns aos povos do Egito e demais nações pagãs.
E na passagem de Éfeso também percebemos quantos pecados relacionados ao sexo são mencionados e proíbidos por Deus para o Seu povo.
Hoje certas pessoas se espantam com a perversão sexual de nossos tempos. Mas, um cristão que lê a Escritura pode ver claramente que a perversão do sexo não é coisa da atualidade: bigamia, poligamia, fornicação, incestos, estupros, adultérios, bestialidades (sexo entre seres humanos e animais) e o homossexualismo. Todos esses pecados são perversões do sexo e eram praticados há muito tempo.
Então, veja que toda a voz de defesa da “liberalidade sexual” de hoje é um arremedo da voz do velho coração corrompido do homem.
O que hoje nos espanta é a ousadia daqueles que preferem uma vida de perversão sexual. Hoje os crentes no Brasil (país dito como cristão) são afrontados e criminalizados por dizer o que a Escritura diz contra as perversções sexuais.
Por exemplo, hoje qualquer cristão, independente de ser ofícial ou não, pode se complicar se disser que homossexualismo é pecado, que a prática desse pecado deve ser repudiada e que leva o seu praticante ao Inferno. Isto antes da aprovação do Projeto de Lei 122 que é batizado da Lei da “mordaça gay”.
Meu irmão, uma minoria bem organizada que defende perversões sexuais está afrontando, intimidando e querendo a legalização de velhas aberrações sexuais. Essa minoria quer empurrar suas preferências pervertidas por goela-abaixo dos brasileiros, especialmente, dos cristãos.
Você deve ver nisto que o mundo jaz no malígno. O Brasil jaz no malígno, por isso, uma minoria organizada domina uma maioria que é omissa. E a igreja não pode se intimidar diante do ataque das trevas. A igreja do SENHOR tem um chamado para se manter fiel aos mandamentos de Deus e santificar o sexo.
Por isso, a igreja deve continuar a pregar e viver a pregação do “Não adulterarás”. A igreja deve pregar com toda sua força essa mensagem de Deus para santificação da igreja e para salvação em Cristo daqueles que vivem entregues aos pecados sexuais.
Por isso, o Senhor Deus chama a Sua igreja a ouvir a seguinte mensagem:

Cumpra o Sétimo Mandamento e mantenha a santidade do sexo no meio de um mundo pervertido:

Este é o chamado de Deus contido no Mandamento
Este é o desejo de Deus revelado no Mandamento

No Sétimo Mandamento Deus ensina a você “Não Adulterarás”. E o Catecismo ensina em primeiro lugar que: “Toda a impureza sexual é amaldiçoada por Deus”!
Esta afirmação para a sociedade liberal e mundana soa como moralismo quadrado, cafona e chato. Mas, essa afirmação do Catecismo é o reflexo da Palavra de Deus.
A Escritura em Lv 18.24-30 mostrou claramente a imoralidade das nações de fora da Aliança. A Escritura mostra que Deus exterminou esses povos por terem contaminado a terra com as suas impurezas sexuais. E Deus nessa mesma passagem chama o Seu povo a santificar o sexo e a fugir das abominações sexuais.
Então, é pura doutrina da Palavra de Deus quando confessamos que “toda a impureza sexual é amaldiçoada por Deus”. Deus deixa isto bem claro para o seu povo. E Deus nessa passagem chama o Seu povo a manter a santidade do sexo (vs. 26,27). E o SENHOR estimula o povo à santidade, mostrando a maldição da Aliança ao dizer que exterminaria do Seu povo aqueles que praticassem “alguma” das abominações por Ele proibida (v. 28,29). E ser exterminado era o mesmo que ser retirado do Seu Reino, do Reino de Deus!
Agora, os liberais teológicos e os movimentos pró-perversão sexual para calar a Palavra de Deus dizem que estas são palavras do Antigo Testamento, de um Deus duro e severo. Mas, será que isto é verdade?
Deus fala a mesma coisa no Novo Testamento. E por economia de tempo vamos para Ef. 5.3-5 e acompanhe a leitura.
A igreja em Éfeso vivia em uma sociedade onde a promiscuidade sexual era algo normal e era parte da religião dessas sociedades. E certos crentes nestas igrejas queriam ou estavam tentados a viver em Cristo e viver em impureza sexual. E o Apóstolo para a salvação deles e da Igreja exorta os membros da igreja a viverem como santos.
Irmãos em Cristo e visitantes, imoralidade sexual sempre foi um pecado que ameça a igreja do SENHOR (seja no Antigo ou no Novo Testamento). E Deus sempre falou que tais pecados são abominações e trazem Sua ira sobre os seus praticantes. Assim, os liberais teológicos e o movimento pró-perversão sexual mentem e não reconhecem a Palavra de Deus.
Hoje vivemos em uma sociedade tão promíscua quanto as nações de Canaã e dos tempos dos apóstolos. Agora, o ataque de hoje parece ser mais agressivo que nas épocas passadas. Os meios de comunicação criaram uma cultura de impureza sexual explícita, que invandem as famílias pela TV, rádio, revistas e internet. Estes meios de comunicação estão debaixo do controle de uma minoria descomprometida com Deus e pró-perversidade.
Até os cristãos parecem que foram engolidos por essa cultura de impureza sexual, pois muitos dentro da igreja acham normal assistir novelas e filmes com todo tipo de impurezas, ouvir músicas que estimulam pensamentos eróticos, usar roupas em público que ressaltam a sensualidade do seu corpo, o divórcio por adultério é algo tido como normal, a fornicação não se vê mais como espanto. E o homossexualismo? Veja o silêncio dos cristãos diante da aprovação da Lei da “mordaça gay”.
Por isso, os casos de crentes que caem em “imoralidade sexual” tem crescido na igreja. Mas, meu irmão e demais ouvintes, o Espírito Santo que falou por Moisés é o mesmo que falou pelo apóstolo Paulo. Deus não engana ninguém! Deus mostra que aquele que vive uma vida de impureza sexual: NÃO VAI HERDAR O REINO DE CRISTO E DE DEUS!
Veja o v. 5: “Sabei, pois, isto: nenhum incontinente, ou impuro, ou avarento, que é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus“! Aqui Deus promete a Maior e Mais terrível MALDIÇÃO que um homem pode provar!
Pergunto a você: adultério produz sofrimento? E as doenças sexualmente transmissíveis, AIDS? E a máfia sexual e todo sistema criminoso ligado a prostituição de mulheres, de homens e de crianças? E pedofilia, já pensou o sofrimento da criança e de pais que sofreram por causa de abuso sexual? E a desordem social produzida pelas crianças que são frutos de relações sexuais fora do casamento?
Esses sofrimentos JÁ É PARTE da Maldição de Deus sobre a promiscuidade sexual do Mundo. Mas, ainda não é o INFERNO. O INFERNO é ser afastado do Reino de Cristo e de Deus! Isto espera aqueles que vivem na pratica da quebra do sétimo mandamento!
Agora, lendo os textos do Antigo e Novo testamento, para quem, especialmente, é dada a PROMESSA DE MALDIÇÃO? É dada a Igreja do SENHOR! O Espírito Santo deu à Igreja de Israel e em Éfeso esta promessa.
Meu irmão, SE alguém pensa que pode viver cheio de doutrina certa e, ao mesmo tempo, em impureza sexual pode estar certo que VAI PARA O INFERNO se não se arrepender!
Meu irmão, Deus PREDESTINOU E ELEGEU VOCÊ PARA VOCÊ SER SANTO. O SENHOR Deus, em Cristo e por Cristo, fez você um filho dEle. POR CAUSA DISTO seja imitador de Deus, ande como filho da luz em Cristo, abominando e reprovando as obras das trevas, não sendo participante das obras daqueles que ainda estão nas trevas, fora de Deus, a caminho do inferno!
Nessa Palavra, o Espírito Santo, diz a você que este é o chamado de Deus contido no Sétimo Mandamento: O mandamento ENSINA a você a abominar toda impureza sexual não somente em palavras, mas “de todo coração”. Mas, não somente abominar “de todo coração”, O ESPÍRITO SANTO no Sétimo Mandamento ENSINA você a viver uma vida “pura e disciplinada”, seja você solteiro ou seja você casado!
Cristo amou, se entregou como oferta e sacrifício perfeitos a Deus, para você ser santo e em gratidão a Deus viver como convém um santo homem, mulher, jovem e criança santos ao Senhor Jesus Cristo! Deus ensina e chama a você no meio de um mundo pervertido: NÃO ADULTERARÁS!

2. Cumpra o Sétimo Mandamento e mantenha a santidade do sexo no meio de um mundo pervertido: Este é o desejo de Deus revelado no Mandamento

Veja no Catecismo a Pergunta e Resposta 109.
O Catecismo começa a resposta lembrando que cada crente em Cristo Jesus é templo do Espírito Santo. Isso é um eco das palavras do Apóstolo em 1 Co 6.19.
A Igreja é templo do Espírito Santo. O Espírito de Deus habita em cada membro da Igreja de Cristo como habitava no Santo dos Santos do templo do Antigo Testamento. Assim, Deus habita em você que está unido a Jesus Cristo pela Fé.
O Apóstolo usa a figura do “templo” do Antigo Testamento e mostra o desejo de Deus: Fugi da impureza sexual.
Todo tipo de pecado entristece o Espírito Santo. E todo pecado nasce na alma do homem e se manifesta concretamente em seu corpo. Por exemplo: A fofoca nasce na sua alma e você usa a língua para consumar.
Mas, o pecado sexual recebe um peso maior. A Escritura mostra que o pecado sexual nos mancha mais terrivelmente que todos os outros pecados. E não temos muitos detalhes para sabermos o motivo disto.
Porém, o que é claro é o desejo de Deus: fuja da imoralidade sexual. E o motivo dado também é claro: pois nossos corpos são templo do Espírito Santo, eles foram comprados com o Sangue precioso de Jesus Cristo. Os nossos corpos não são de nós mesmos, mas do SENHOR. Os nossos corpos devem servir para glória de Deus.
Esse ensino é suficiente para mostrar que o desejo de Deus é “que nos conservemos puros e santos”. Este ensino é suficiente para mostrar o motivo de Deus proibir “todas as ações impuras, gesticulações, palavras, pensamentos, desejos, e tudo que possa nos induzir à impureza”.
Meu irmão, foi pago um alto preço para que você fosse feito filho de Deus em Jesus Cristo. O SENHOR Deus santificou e comprou você com o Sangue Precioso de Jesus Cristo. O SENHOR Deus diz a você que você não pertence a si mesmo, mas a Ele e somente a Ele.
Essa realidade em Cristo Jesus e a gratidão a Deus por causa dessa obra de Cristo deve fazer você fugir da prostituição, fornicação, homossexualismo e de qualquer coisa que possa me “induzir, levar a praticar impureza sexual”.
Por que muitos cristãos caem em pecados sexuais? Porque NÃO alimentam a sua mente com essa realidade em Cristo Jesus e assim se esquecem que são templos do Espírito Santo, que são santos ao SENHOR!
Agora, você que é membro da Igreja deve estar pensando: o que devo fazer para cumprir esse desejo de Deus? Como fugir da imoraldade sexual que tanto me assedia?
Vou dizer o que você que é membro da Igreja tem que fazer para fugir e se proteger contra a imoralidade: Você deve viver uma vida como um sábio filho de Deus em Cristo, julgando pela Palavra de Deus suas ações e as ações desse nosso tempo mau. Apartando-se de coisas e pessoas que levem você à impureza sexual e buscando viver uma vida cheia do Espírito Santo (veja Ef 5.15-21)!
E o que é uma vida cheia do Espírito Santo? É uma vida individual e comunitária cheia da Palavra de Deus cantada, orada, praticada, comungada por pessoas que são gratas a Deus pela Salvação em Jesus Cristo!
Deus pergunta a você: Você tem feito essas coisas? Você tem se colocado na sua posição de filho de Deus? Você tem discernido o seu tempo e sua sociedade promíscua? Você tem reprovado as obras das trevas? Você tem vivido se separado de pessoas e coisas que levam você a impureza? Você tem individual e coletivamente uma vida cheia do Espírito Santo? UMA VIDA CHEIA DA PALAVRA DE DEUS?
Saiba de uma coisa: Quando alguém cai no Sétimo Mandamento, normalmente, essa pessoa não vive uma vida como filhos da luz, uma vida de sabedoria no SENHOR, uma vida de leitura e meditação diária na Palavra de Deus e de oração.
Muitos são cristãos domingueiros, com muita ligação e conversa com ímpios e que não promovem a Edificação no Senhor. São pessoas que vivem isoladas, sem comunhão edificante com seus irmãos em Cristo, uma pessoa que almeja seus interesses particulares em primeiro lugar.
Meu irmão em Cristo, Deus DESEJA E CHAMA você a cumprir o Sétimo Mandamento usando os meios revelados e dados pelo Espírito Santo a você!
Se, em Jesus Cristo e confiados em Cristo, atendermos o chamado de Deus e o desejo revelado por Deus no Sétimo Mandamento provaremos em nossas vidas a santidade do Sexo e manteremos essa santidade no meio de um mundo pervertido.
E saiba todos os homens que este mundo pervertido caminha para a perdição. E a salvação dessa perdição só poderá ser provada se, pela graça de Deus, houver arrependimento e conversão de pecados. Pois, o problema da imoralidade sexual, da quebra do Sétimo Mandamento, é espiritual. É a situação pecaminosa e corrupção do coração do homem que produz toda sorte de impureza. Jesus Cristo diz isto (Mt 15.19):
“Porque do coração procedem mais desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias!”
Mas, Jesus Cristo tem poder para salvar os mais vis pecadores. Ele salvou uma mulher adúltera. Mas, não só uma mulher adultera, pois veja em 1 Co 6.9-11.
O Evangelho mostra que o Sangue de Jesus Cristo é poderoso para lavar, santificar, justificar e restaurar a vida daqueles que são escravos da impureza sexual!
Por isso, O SENHOR Deus chama todos ao arrependimento em Cristo Jesus e a clamar a Cristo pela Salvação. O Senhor Deus chama você a viver em Cristo e provar a santidade e a promover a santidade do sexo. O SENHOR Deus chama você a viver essa santidade seja você solteiro ou casado.
O Espírito Santo chama você a viver, como povo de Deus, no meio mundo pervertido, tão adúltero e inimigo do Senhor.
Atenda o chamado de Deus e atenda o desejo de Deus revelado no Sétimo Mandamento. Isto, em Cristo, por gratidão, por amor a Deus, para a Glória de Deus e o para bem do seu próximo. Amém.

Nenhum comentário: