sexta-feira, 18 de setembro de 2009

O SENHOR com Sua misericórdia leva o pecador a louvar o Dono da Salvação

Sermão preparado pelo Rev. Adriano Gama sobre Jonas 2.1-10.

Texto: Jn 2.1-10
Leitura: Sl 69.1-3; Sl 88.1-18; Jonas 1.17-2.10

Amada Congregação do Senhor Jesus Cristo e demais ouvintes,

Só valorizamos a misericórdia de Deus quando provamos dela. Jonas é um bom exemplo disto.
O profeta fugiu da presença de Deus, pois não adimitiu que o Senhor Deus manifestasse Sua misericórdia ao povo de Nínive.
Jonas precisou ser chocalhado na tempestade, ser lançado ao Mar e engolido por um grande ser marinho, para ser levado a saborear a misericórdia de Deus de modo profundo.
Profundo mesmo! Pois foi das profundezas do grande mar e do ventre do grande peixe que Jonas clamou e louvou a misericórdia de Deus.
E este louvor de Jonas era o resultado da obra de Deus. O Senhor Deus é misericordioso para socorrer da angústia todo aquele que nEle confia.
Os Salmos estão cheios de expressões que mostram isto. E o povo de Deus sempre nas suas orações, ações de graças e cânticos manifestou essa confiança no SENHOR que é o Deus que no meio da sua ira mostra a Sua misericórdia, levando o pecador a reconhecer a quem pertence a Salvação. E ouça a mensagem de Deus neste culto sob o seguinte tema:

O SENHOR com Sua misericórdia leva o pecador a louvar o Dono da Salvação

Veja o v. 1. Jonas “do ventre do peixe, orou ao SENHOR, seu Deus”. Isto mostra que Jonas estava provando da misericórdia de Deus quando orou. O peixão era uma manifestação da misericórdia e não da punição de Deus!
Assim é dentro da misericórdia de Deus que Jonas ora ao SENHOR, seu Deus. Que coisa interessante: Foi necessário Jonas ser provado pelo peixão, para poder provar o profundo gosto da misericórdia de Deus, pois a oração em forma de um salmo é um louvor de ações de graças ao Senhor e não um lamento de agônia.
Porém, esse louvor a Deus contém a descrição dos momentos angustiantes que Jonas provou logo que foi lançado no mar. Jonas “do ventre do peixe” diz: “na minha angústia, clamei ao SENHOR, …”.
A angústia de Jonas era um resultado do seu pecado de rebeldia. Não era fruto da sua obediência a Deus. Você pode ser angustiado por causa da sua obediência a Deus. Jeremias era um profeta que chorou muito por ser obediente à Palavra de Deus no meio de uma nação rebelde. Mas, Jonas provava a angústia por causa do seu pecado, por não cumprir seu ofício, por não se colocar debaixo da vontade de Deus.
E Jonas abre sua oração de ações de graças reconhecendo sua angústia fruto do seu pecado. Pecado só traz angústia, agônia, tristeza e dor! E um pecador verdadeiramente arrependido e grato a Deus pela salvação reconhece a angústia que o pecado produz. E a angústia pelo pecado leva o servo de Deus a clamar a Deus. E Jonas menciona essa atitude no seu cântico. Ele diz: Clamei ao Senhor.
Um servo de Deus angustiado por seus pecados não reclama, mas clama! Saiba, meu irmão, que Reclamação não é fruto de um coração arrependido, mas de um coração duro e impenitente. Saiba que um coração cheio de arrependimento se vê numa boca e em atitudes cheias de clamor a Deus, para que Deus lhe salve da angústia do pecado. Jonas clamou e não reclamou e o SENHOR ouviu o seu clamor.
E o ato de Deus ter ouvido o clamor de Jonas é o motivo do seu louvor de ações de graças (veja o v. 2). O SENHOR Deus não virou as costas para Jonas no momento de Sua angústia. O SENHOR respondeu a oração de Jonas, o SENHOR inclinou Seus santos e paternais ouvidos para o clamor do Seu servo!
Esse verso 2 é um resumo dos versos 3-7. E quando lemos os versos 3-7 vemos os detalhes da profunda angústia do profeta e da profunda misericórdia de Deus para com o Seu servo.
Saiba, meu amado irmão, o pecador somente consegue ver a profunda misericórdia de Deus quando consegue sentir a profundidade da miséria e perdição nas quais se encontra.
Jonas teve essa experiência. Jonas descreveu a profundidade da perdição que ele se encontrava. Jonas estava no ventre do abismo (v.2). Ele se sentia já no mundo dos mortos, pois a palavra hebraica é hades. Jonas se sentia lançado no coração dos mares (v. 3).
O profeta tinha a consciência que havia sido lançado diante dos olhos de Deus, ou seja, Jonas se sentia fora da protecão e dos cuidados de Yahweh (v. 4)! Jonas já se sentia separado de Deus e do Seu povo, pois não tinha esperança de tornar a ver o Templo Santo do Senhor. Jonas se sentia incapaz de se libertar da profundidade que chegava até a sua alma e o prendiam no fundo do mar!
Veja, meu amado irmão em Cristo, como era dramática a situação de Jonas nos versos 5-7. O profeta sentia uma angústia muito grande, pois estava no fundo do poço, não havia lugar mais baixo para ele descer mais: Jonas chegou aos fundamentos dos montes, chegou ao a descer até a terra! Jonas se sentiu sozinho no fundo do mar de angústia, sua alma desfalecia dentro dele! Não havia nenhum sentimento de esperança nele e para ele!
Veja, que essa descida de Jonas começou quando ele desceu para Jope a fim de pegar um barco para fugir da presença de Deus (Jn 1.3). Isso é um alerta para mim e para você! Saiba que para se descer ao fundo do poço da perdição é necessário somente um pequeno passo ou deslize de nossa parte. Jonas não imaginou que a atitude inicial do seu pecado iria lançá-lo numa tão profunda angústia e perdição.
Assim é quando gostamos de nos arriscar chegando perto do abismo dos nossos pecados. Sabemos do perigo do pecado. Sabemos que podemos ser arrastados pelo pecado até o fundo do poço da perdição, mas continuamos nos nossos desejos pecaminosos. E, aí, depois que caímos, quando provamos a profundidade da angústia e chegamos ao fundo do posso, então, pensamos: Por que fiz aquilo? Por que me afastei da vontade de Deus? Veja que Jonas provou a angústia profunda dos seus pecados!
Meu irmão em Cristo, isto é um chamado de Deus para você e para mim. Não espere chegar no fundo do poço para provar as angústias produzidas pelo pecado. Deus não quer que você viva no pecado e sinta o pavor do afogamento no pecado! Não desça mais no seu pecado. Clame a Deus, pois Ele é misericordioso e não há profundidade que possa impedir a Deus de ouvir o clamor de um pecador arrependido e necessitado de Salvação! Veja isto em Jonas.
Meu irmão em Cristo e demais ouvintes, Jonas da profundidade da angústia provou e cantou a profundida da misericórdia de Deus!
Saiba, que podemos ver a profundidade da misericórdia de Deus quando vemos a profundidade da angústia e miséria de onde Deus nos salvou. Jonas diz: “Ele me respondeu o seu clamor, Deus ouviu o seu grito de socorro (v. 2)! Jonas diz que Deus fez subir da sepultura a sua vida (o resssuscitou) (v. 6).
Veja, meus amados irmãos em Cristo e demais ouvintes, que Deus misericordioso é Yahweh, o SENHOR da Aliança! Ele é o Deus que atende a oração do pecador arrependido e desesperado! O SENHOR tem compaixão dos Seus que estão em profunda angústia por causa dos pecados que cometeram! O SENHOR Deus tem ouvidos atentos para o pedido de socorro daqueles que clamam a Ele por Salvação!
Veja, que Deus não tapou os ouvidos ao clamor de Jonas. Perceba que Deus não desviou Seus olhos do Seu servo angustiado. Note que Deus não deixou seu Servo na morte! Esse é o Deus misericordioso de Jonas! Esse é o Deus e SENHOR da Igreja e a quem você pertence!
Meu irmão em Cristo, Deus poderia ter sido duro com Jonas, deixando Seu servo continuar se debatendo até morrer afogado no profundo mar. Mas, Deus é misericordioso e não se agrada de ver o sofrimento dos Seus filhos. Por isso, Deus vai logo ao socorro de Jonas e guarda seu profeta no ventre do peixão.
Porém, note um detalhe importante: a misericórdia de Deus foi manifestada a Jonas na disciplina do Senhor. Como assim por meio da disciplina? Ora, como Deus levou Jonas a reconhecer e louvar a Sua misericórdia? (veja o v. 3).
Meu irmão em Cristo, Jonas no seu salmo tinha plena consciência que o que ele passava era uma obra da disciplina de Deus. Jonas diz que foi o SENHOR que o lançou “no profundo, no coração dos mares, …”. Jonas confessa que as ondas eram obras de Deus, pois diz “tuas ondas e as tuas vagas passaram por cima de mim”. Assim, Jonas reconhece a disciplina de Deus sobre ele.
Veja a disciplina de Deus levou Jonas a uma angústia e o leva a reconhecer seu pecado e a temer. Agora temer o quê? Temer a morte física? Não. Jonas não estava com medo de perecer fisicamente, mas de perecer espiritualmente (veja o v. 4).
Jonas teme ser lançado fora dos olhos de Deus, ou seja, o profeta teme não estar debaixo da proteção e cuidados de Deus. Jonas teme não retornar a ver o Santo Templo de Deus! Não ver mais o templo Santo do Senhor para onde subiam as tribos do Senhor, para oferecer sacrifícios de louvor a Deus. Não ver mais o templo onde o SENHOR é entronizado como Deus e Rei do Seu povo.
Jonas pela disciplina sente o medo de ser afastado de Deus, do culto a Deus e da comunhão com o povo de Deus. Veja que o temor de Jonas é perecer espiritualmente.
Meu irmão em Cristo e demais ouvintes, o louvor de Jonas mostra como é necessária a disciplina da igreja. Deus ama seus servos, por isso, Ele disciplina aos Seus amados como um pai disciplina seus filhos.
E um servo de Deus quando disciplinado não se sente bem, porque para um servo de Deus somente o pensar em ser afastado de Deus, do seu culto e da comunhão dos santos causa mais angústia no seu coração que a própria morte física!
Meu amado irmão em Cristo, veja a profundidade da misericórdia de Deus. Jonas provou a disciplina do SENHOR para ser resgatado da rebeldia, para ser restaurado à Comunhão com Deus e para louvar a Deus como o Dono da Salvação (veja os versos 8,9).
Nestes versos temos o ponto mais alto desse Salmo de ações de graças.
Jonas declara como aqueles que confiam em ídolos falsos serão decepcionados na hora da angústia. Por que Jonas fala de falsos ídolos e a decepção daqueles que neles confiam?
Jonas conta a sua própria experiência pecaminosa e de todos aqueles que são idólatras. Jonas viu que os falsos deuses dos marinheiros foram incapazes de salvá-los da tempestade. Jonas viu que somente quando os marinheiros e ele fizeram a vontade de Yahweh foi que provaram a misericórdia de Deus e a salvação. Jonas chega a essa conclusão após ser disciplinado pelo SENHOR e por provar a misericórdia de Deus.
E o Espírito Santo mostra no v. 9 mais resultados da disciplina do SENHOR em Jonas. Jonas levanta uma voz não de angústia, mas de agradecimento a Deus pela Salvação. Jonas não mais se considera um perdido e sem esperança, mas convicto que irá voltar a cultuar a Deus em plena comunhão no Seu templo, pois diz: “eu te oferecerei sacrifício; o que votei pagarei.” Jonas, exercitado pela disciplina, tem o coração restaurado!
E Jonas conclui seu salmo reconhecendo o que não quis reconhecer: AO SENHOR PERTENCE A SALVAÇÃO!
O SENHOR Deus, pela disciplina, dobra Jonas e o faz provar e reconhecer que a Salvação pertence a Yahweh. O SENHOR tem o poder para Salvar a quem Ele quer: A judeus e a gentios, pois de Yahweh é a Salvação!
Jonas provou a profundidade da misericórdia do SENHOR e não tinha como questionar mais a vontade de Deus para manifestar a Sua misericórdia aos moradores de Nínive.
E veja o que Deus faz (v. 10). Deus coloca Jonas onde tudo começou. O SENHOR fala ao peixe para vomitar Jonas na terra. Provavelmente essa terra é a Palestina. Alguns estudiosos consideram que seja até Jope (o porto de onde Jonas partiu para Tarsis).
Isto mostra que Deus deu a Jonas a oportunidade de começar tudo de novo. Deus é misericórdioso, pois pela disciplina leva Jonas a reconhecer seus pecados, a clamar por Salvação e restaurou a vida do profeta como nada tivesse acontecido. Este é o SENHOR Deus que ama você, meu irmão em Cristo!

Conclusão:

Saiba que fugir de Deus sempre levará você as angústias do inferno! Mas, saiba que Deus é misericordioso e AO SENHOR PERTENCE A SALVAÇÃO!
O SENHOR ainda está disposto a ouvir a oração daqueles que em meio as angústias do pecado, oram, clamam a Ele por Salvação! Ele é Deus de misericórdia e não deseja a morte do pecador! Ele é Deus que não vira as costas para pecadores arrependidos e que reconhecem que Ele é o Dono da Salvação!
Meu irmão, Se você está provando a angustia do Seu pecado, então, reconheça que você pecou e clame a Deus pela Salvação!
Você pode ter esperança na Salvação, pois esta Salvação é do SENHOR Deus Misericordioso. Ele é compassivo e assaz benígno. Deus, o Seu Salvador, está disposto a ouvir o seu clamor por salvação, mesmo que você se encontre no fundo do poço da angústia e se sinta incapaz de se salvar das consequências dos pecados que você cometeu!
Meu amado irmão em Cristo, confie no Espírito Santo que diz: Ao SENHOR PERTENCE A SALVAÇÃO! Saiba que mais que Jonas você tem motivos para crer na misericóridia de Deus.
O que aconteceu com Jonas aponta para Jesus Cristo. As expressões usadas por Jonas contém muitos dos Salmos que expressam os sofrimentos do Messias e a confiança do Messias no SENHOR Deus.
O Espírito Santo levou o profeta a experimentar e a comunicar a você UM POUCO da experiência agonizante de Jesus Cristo, o Messias. Agora Jonas estava sofrendo as angústias dos seus pecados e declarando a Salvação que vem do SENHOR.
Porém, Jesus Cristo estava sofrendo as angústias do pecado do Seu povo e providenciando a Salvação para os que nEle confiam!
Saiba que o SENHOR Deus afogou Seu Amado Filho Jesus Cristo no mar da Sua Ira, para que você fosse salvo do pecado. Jesus Cristo provou em seu lugar o desamparo de Deus, para que você nunca mais fosse desamparado no fundo do mar da perdição!
Jesus Cristo foi angustiado até morte para você ser consolado com a Salvação pela Fé somente! E Jesus Cristo, pelo poder de Deus, venceu a morte para nossa justificação! Para nos dar o conforto que se confessarmos os nossos pecados a Deus Ele nos purifica de todos os nossos pecados e nos restaura à comunhão com o Pai!
Então, há salvação para você que sente as angústias do pecado, pois: AO SENHOR PERTENCE A SALVAÇÃO! O SENHOR em Seu Filho Jesus Cristo mostra isto no Evangelho no Livro de Jonas, nos sacramentos e na disciplina eclesiástica. Em todas essas coisas provamos a misericórdia salvadora do SENHOR Deus!
Por isso, Deus chama todos aqui a confiar na Salvação que Ele promete dar aos que confiam somente em Jesus Cristo.
Possa ser que sua alma esteja desfalecendo por causa da disciplina do SENHOR, mas clame a Ele pela Salvação, lembre-se da Aliança do SENHOR e clame a Deus para que Ele tire você da angústia do pecado e restaure você em Cristo Jesus.
Tenha de Deus a garantia que Ele ouvirá a sua oração de arrependimento. Veja que Jonas da profundeza clamou e Deus o fez subir da sepultura, ou seja, restituiu a vida a Jonas. Veja que Jonas da profundeza clamou e sua oração subiu ao Senhor, chegou ao santo templo do SENHOR!
Ouça, o SENHOR ainda está disposto para ouvir a sua oração e salvar você da angústia do pecado e da morte. O SENHOR está disposto a levar você a uma nova vida em Cristo Jesus e fazer você reconher e louvar que Ele é Dono da Salvação. Amém.

Nenhum comentário: