sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Deus, por Sua misericórdia, proclama a Sua mensagem de destruição aos pecadores

Sermão preparado pelo Rev. Adriano Gama sobre Jonas 3.1-4

Leitura: Jonas 2.1-3.4
Texto: Jonas 3.1-4

Amada Congregação do Senhor Jesus Cristo,

Quando lemos o Livro de Jonas lemos e cantamos com mais gozo no coração o Salmo 136 que nos chama a render “graças ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre!”
O Espírito Santo mostra em Jonas como Deus é bom e sua misericórdia dura para sempre. Jonas provou a misericórdia de Deus provando o poder perdoador e restaurador de Deus. Pois veja que O SENHOR colocou o profeta onde tudo começou: Na terra onde ele foi vomitado pelo peixão. E o SENHOR não faz somente isto, mas Deus novamente comissiona Jonas, pois o texto diz: “Veio a palavra do SENHOR, segunda vez, a Jonas, dizendo: … ”.
O Espírito mostra a Sua misericórida para com os Ninivitas, pois faz Jonas chegar a Nínive, para proclamar a Sua mensagem ao povo daquela cidade.
E além disto, a passagem serve para nos despertar para a obra de Evangelização. Por isso, trago a mensagem de Deus no seguinte tema:

Deus, por Sua misericórdia, proclama a Sua mensagem de destruição aos pecadores

1. Pelo ministério de Jonas
2. Pela pregação de Jonas

Amados irmãos, Deus poderia não querer saber mais de Jonas, mas Deus entrega pela “segunda vez” a Palavra a Jonas.
Note que o SENHOR não dá um sermão em Jonas: olha Jonas, vou lhe dar uma segunda chance, mas … não invente de fazer de novo aquilo que você fez!
O SENHOR não faz nada disto! O Senhor restaurou a vida e o ministério do profeta como se nada tivesse acontecido.
O SENHOR Deus é um Deus misericórdioso que ao invés de passar na cara de Jonas as fraquezas e os pecados cometidos pelo profeta dá a ele um novo começo. Um novo começo para fazer a vontade de Deus revelada.
Meu irmão em Cristo, a atitude de Deus para com Jonas nos ensina muito quanto a nossa desconfiança para com aqueles que são restaurados pelo SENHOR. Muitas vezes eu e você exercemos misericórdia para com o nosso próximo e quando vamos dar uma nova chance a quem perdoamos somos tentados a ficar com um pé atrás. Agimos cheios de reservas. Mas, note que o SENHOR, o Todo-poderoso, não fez isto com Jonas. O SENHOR Deus “pela segunda vez” dá a Palavra a Jonas. O SENHOR faz isto sem reservas.
O nosso amado Deus que apesar de ser o Todo-Poderoso é misericórdioso e concede aos seus servos arrependidos uma nova vida, um novo começo, sem passar nada na cara de Jonas os pecados passados.
Essa a atitude de Deus para com Jonas enche nosso coração de esperança no poder restaurador de Deus, pois Deus continua a honrar aqueles que com um coração humilde reconhece seus pecados e confiam no Deus a quem pertence a Salvação.
Agora, meu irmão em Cristo, veja o v. 2. Deus chama Jonas de novo e mostra de novo o trabalho do profeta. Pois, o desejo de Deus, por Sua misericórdia, é pelo ministério de Jonas proclamar a Sua mensagem de destruição aos pecadores.
Perceba que Deus usa quase as mesmas palavras do começo do livro (Jn 1.1,2). Mas, o SENHOR dá mais explicações para Jonas daquilo que o profeta vai fazer em Nínive.
O SENHOR Deus no v. 2 diz que o clamor de Jonas contra Nínive será uma pregação. Deus, por Sua misericórdia, proclama pela pregação a Sua mensagem de Destruição aos pecadores.
Jonas deve proclamar aos habitantes de Nínive a mensagem de Deus. Jonas chegará em Nínive como um arauto do Todo-poderoso, para proclamar a mensagem do Soberano Deus aos pecadores maliciosos e pervertidos de Nínive. Jonas não vai bater um papo com os moradores de Nínive.
E isto deve mostrar para você que quando Deus usa Seus ministros da Palavra Ele não está batendo um papo com o pecador. A idéia de hoje é transformar Deus num Deus LEGAL, MANEIRO, UM DEUS ABERTO que usa bermuda e camiseta e que bate-papo com o homem como se Ele fosse um ser igual a Suas criaturas.
Saiba, o mundo não aceita um Deus que seja SENHOR, Soberano, que proclama Sua vontade ao homem e que o pecador deve se submeter a vontade desse Deus. Por isso, o homem moderno e caido quer produzir um deus que não é soberano, mas um deus que bate-papo com pecadores e deixa os pecadores viverem nos seus pecados.
Saiba que o fato do SENHOR Deus ser amor e misericórdia não significa que Ele deixa sua posição SUPREMA. Saiba que o verdadeiro Deus, o SENHOR Deus da Escritura, não bate-papo com ninguém, muito menos com pecadores maliciosos. Por isso, o SENHOR PROCLAMA a pecadores Sua mensagem. E essa proclamação é pela pregação! E, Jonas foi chamado para pregar a mensagem do SENHOR Deus Soberano aos ninivitas.
Meu irmão, Jonas faz “segundo a Palavra do SENHOR”. Jonas obedece a vontade de Deus (veja o v. 3). E a obra de Jonas era importante e grande demais. O Espírito Santo diz que “Nínive era uma cidade grande para Deus”.
Essa expressão mostra como Deus é mais misericodioso do que pensamos que Ele seja. Essa expressão mostra também como Deus valoriza as almas das suas criaturas. Ele é um Deus que mostra a Sua compaixão e misericórdia fazendo o sol nascer sobre todos os homens. Deus dá chuva e faz as plantas crescerem sustentando todos os homens sem acepção de pessoas.
Meu amado irmão, o Salmo 24 diz que do SENHOR é a terra, tudo que nela contém incluindo todos os seus habitantes! Todas as almas pertencem a Deus. O Espírito Santo diz: “Ninive era uma cidade grande para Deus”.
Essa declaração do Espírito Santo ensina que por mais distante que um povo esteja do SENHOR jamais podemos declarar que esse povo já está no inferno. O SENHOR Deus misericordioso tinha interesse pelos habitantes de Nínive. O SENHOR queria salvar aquelas almas da sua malícia e pecado.
E o SENHOR achou importante as vidas dos moradores de Nínive e enviou para eles o Seu profeta, para por meio da pregação comunicar a Sua mensagem ao povo. …
E o trabalho não seria fácil para Jonas. Seriam necessários três dias para que Jonas proclamasse em toda a cidade a mensagem de Deus. E note que Jonas começou o trabalho obedecendo o SENHOR Deus com disposição e sem demora.
O texto não mostra que naquele momento Jonas pôs dificuldades para a execução do trabalho e nem você lê que o profeta fez corpo mole.
Fico imaginando se Deus falasse essa mesma mensagem aos membros de nossa igreja. Acredito que o texto apresentaria muitas dificuldades e manifestações de corpo mole: cansaço, filhos, trabalho, faculdade, falta de dinheiro, etc.
Meus irmãos em Cristo, existe dentro da igreja muitos que só mostram ânimo para fazer o que gostam de fazer! Se for proposto um trabalho de evangelização ou algo que eles não gostam de fazer, então, começam aparecer as dificuldades e o corpo mole!
Meus irmãos, onde está a disposição dentro da igreja para a proclamação da mensagem de Deus aos perdidos? Onde está o desejo de fazer conhecida a mensagem de salvação aos pecadores? Será que não temos deixado o amor pelas almas perdidas e desconsiderado a misericórdia de Deus por aqueles que ainda estão mortos em seus pecados?
Veja que naquele momento Jonas, como um servo fiel, quer fazer a vontade de Deus sem demora e sem exitação. Ele põe o pé na estrada e começa a proclamar a mensagem de Deus aos habitantes de Nínive.
Agora, o que deve nos chamar atenção é o conteúdo da mensagem que o SENHOR Deus entregou a Jonas (veja o v. 4): “Ainda quarenta dias, e Nínive será subvertida”.
Note que a mensagem de Jonas era curta e grossa. Muitos pregadores hoje não estariam dispostos para pregar uma mensagem como está. Mas, essa foi a mensagem que o SENHOR entregou a Jonas e que o profeta proclamou durante três dias nas ruas, nas praças, nos mercados de Nínive.
Os pregadores não devem escolher a mensagem que deve ser dada ao povo, mas apenas proclamar a mensagem que Deus entregou a ele. Jonas não tentou tornar a mensagem de Deus mais agradável aos pecadores.
Uma das tentações para os pregadores é fazer a mensagem ser mais agradável aos ouvidos dos perdidos. Por isso, hoje na maioria dos púlpitos não se ouve o que Deus revela na Escritura, mas são mensagens cheias de conceitos e palavras que não afrontam o pecador em seu pecado!
Saiba que esses pregadores são amantes de si mesmos e não amam nem a Deus nem aos pecadores que vão perecer. E a infelicidade da nossa cidade e de toda nação é que faltam pregadores que tenham um só interesse: Falar integralmente a mensagem de Deus aos pecadores de nosso país!
Porém, Nínive não teve a infelicidade de nossos dias, pois lá estava Jonas. A felicidade de Nínive é que Jonas pregou e não se calou a mensagem curta e grossa de Deus para seus habitantes.
Saiba que o Todo-poderoso por meio de Jonas proclamou um últimato aos moradores de Nínive com tempo e pena determinados. Os moradores de Nínive têm somente quarenta dias para se arrepender! Eles devem fazer isto ou serão arrasados até os fundamentos, não sobrará pedra sobre pedra que não seja derrubada por Deus!
Meu irmão em Cristo, veja que a mensagem de Deus é uma declaração de destruição. E este verso 4 é uma preparação para mostrar o poder de Deus de converter pecadores com Sua mensagem de juízo. Pois é este v. 4 a introdução para os versículos 5-9 que mostram o arrependimento profundo dos ninivitas. Por isso, vamos nos limitar aqui e esperar a próxima pregação, que mostrará a consequência da pregação de Jonas em Nínive.
Por enquanto aqui devemos salientar que o pregador deve se preocupar em proclamar a Palavra de Deus e deixar que Deus faça o resto. O SENHOR Deus é quem dá o resultado e não o pregador! O pregador só tem que pregar a mensagem de Deus e o resto é responsabilidade do SENHOR, pois a mensagem é do SENHOR.
O pregador não deve pensar se a mensagem é longa ou curta, se é dura ou mais branda, o pregador deve se preocupar em proclamar o que Deus o entregou para ser proclamado. Nada de acréscimos e palavras enfeitadas. Nada de preocupações se com a recepção da mensagem, ou seja, se a pregação vai agradar ou não aos seus ouvintes!
Meu irmão, devemos orar para que o Senhor levante mais pregadores com essa disposição e coragem de Jonas. Peça para que o Senhor derrame do Seu Espírito Santo sobre os ministros da Palavra, para que sejam sempre dispostos e corajosos para proclamarem integralmente a mensagem de Deus aos pecadores.
Pergunto aos membros da igreja: O quanto você tem orado por isto em sua casa pelos ministros da Palavra? O quanto você tem ajudado o ministro da Palavra para que ele pregue a Palavra de Deus com disposição e coragem? O quanto você tem trabalhado para que o mensageiro da Igreja leve a Palavra aos perdidos?
Saiba que a quantidade de suas orações, esforço em favor do ministério da Palavra mostra o quanto você valoriza a glória do Deus que é o Dono da Salvação! Saiba que suas atitudes mostram quanto você entende a misericórdia de Deus! Será que suas atitudes para com o ministério da Palavra mostram que você ama e deseja que pecadores sejam salvos da ira de Deus? Você entende a obra de Jesus Cristo em vir para ser o Salvador do mundo (gentios e judeus)?
Jesus Cristo como o maior profeta foi fiel e proclamou toda a Palavra de Deus aos pecadores. Jesus Cristo não colocou dificuldades nem fez corpo mole, mas o Senhor Jesus se colocou à disposição do Pai até rasgar seu corpo na Cruz.
Jesus Cristo veio ao mundo e proclamou durante três anos (não três dias) a mensagem de Deus. E saiba que a consequência de Sua mensagem o levou a cruz. Foi a mensagem de Jesus que levou os perversos de seu tempo matá-lO. Mas, isto era plano de Deus, pois foi através da sua mensagem e sacrifício que a salvação chegou a você e a mim que, pela verdadeira fé, fomos salvos da ira do SENHOR!
E Jesus Cristo depois de ressuscitar enviou seus apóstolos ao mundo, para pregar a salvação em Seu Nome: Aquele que crer e for batizado será salvo, porém quem não crer será condenado! E ainda hoje fala aos pecadores a Sua mensagem, não por profetas como Jonas, mas por meio dos ministros da Palavra.
Hoje os profetas são os ministros da Palavra que proclamam ao povo a mensagem de Deus. Uma mensagem urgente que chama os pecadores ao arrependimento e a vida somente pela Fé em Jesus Cristo. Cada vez que um ministro prega fielmente a Palavra de Deus é o próprio Cristo Jesus chamando os pecadores ao arrependimento e a vida.
O SENHOR Deus chama você a ver que ele tinha como importante as almas de Nínive, para você não menosprezar nenhuma alma e a se esforçar ao máximo para que a mensagem de Deus seja proclamada em nossa cidade.
A obra de Deus em nossa cidade é importante e grande demais. Pecadores estão se perdendo e a mensagem de Deus requer de nós urgência!
Os moradores de Nínive tinham quarenta dias, mas o povo de nossa cidade não sabe quanto tempo resta para que o SENHOR venha derrubar tudo!
Jesus Cristo diz: “Eis que venho sem demora! Jesus Cristo pode chegar a qualquer momento, para subverter, arrasar este mundo rebelde e perverso! Por isso, temos como igreja do SENHOR uma responsabilidade grande para proclamar, pelo ministério da Palavra, a mensagem de Deus a nossa cidade e país!
Deus chama a Igreja a proclamar a ira de Deus contra os pecadores que querem viver na perversão dos seus pecados. A igreja é chamada a proclamar que o ÚNICO CAMINHO de Salvação da destruição se chama: Jesus Cristo que é o Salvador Prometido!
E Jesus Cristo tem proclamado a nós neste culto a Sua mensagem. E qual a sua resposta a mensagem de Deus? O que você como membro fará com as palavras de Deus faladas a você neste culto?
O SENHOR Deus fala a você uma mensagem que mostra o desejo de Deus manifestar ao mundo perdido a Sua misericórdia salvadora. Você, como igreja, ignorará ou buscará cumprir a vontade de Deus em proclamar Sua mensagem aos perdidos?
Você não tem muito tempo para pensar! O momento é agora. Jesus vem buscar a sua igreja, Jesus Cristo vem! E essa vinda é o Grande e Terrível dia do SENHOR! Jesus Cristo vem derreter com Seu fogo os elementos e assim purificar toda a criação!
Meu irmão em Cristo, os pecadores precisam ouvir esta urgente mensagem: hoje é o dia da Salvação! O SENHOR Deus quer uma resposta imediata de sua parte, pois pouco tempo resta, para que nossa cidade seja subvertida! Dispõe-te, pois O SENHOR Deus quer por meio da Sua igreja e pela pregação do Evangelho salvar pecadores da destruição eterna! Amém.

Nenhum comentário: