sábado, 13 de junho de 2009

Foi Jesus elevado às alturas

Sermão preparado pelo Rev. Adriano Gama sobre a Doutrina Bíblica exposta no Dia do Senhor 18 do Catecismo de Heidelberg

Texto: Dia do Senhor 18; At 1.9-11
Leitura: Lc 24.50-53; At 1.1-11

Amada Congregação do Senhor Jesus Cristo,

A igreja cristã no dia 21 de maio deste ano (há 15 dias atrás) comemorou a ascensão de Jesus Cristo.
E incrível que na época da Reforma as igrejas reformadas tiveram problemas para ensinar essa doutrina. Imagine com quem? … Se pensou com os católicos romanos você errou. O problema foi com os Luteranos!
Os Luteranos para justificar sua doutrina da presença real de Jesus Cristo nos elementos da Santa Ceia inventaram o ensino da onipresença da NATUREZA HUMANA DE JESUS CRISTO.
Para os Luteranos o corpo de Jesus Cristo na ascensão sofreu uma mudança de condição, passou a ser onipresente como a Natureza divina de Jesus é Onipresente. Essa doutrina ficou conhecida como Ubiquidade de Cristo e os luteranos como Ubiquitarianos.
E a igreja de Jesus Cristo no Dia do Senhor 18 ensina e confessa o ensino apostólico sobre a ascensão de Cristo e nega a doutrina Luterana, especialmente, nas perguntas e respostas 47 e 48.
E nós estamos neste culto para ouvir o ensino da Escritura sobre a ascensão de Jesus Cristo ao céu, como soubemos desta ascensão, seus benefícios para a Igreja e que esse ensino nos leva a alimentar a esperança na Vinda de Jesus Cristo.
E, por isso, chamo todos a ouvir a proclamação do Evangelho no seguinte tema:

Foi Jesus elevado às alturas

Este é o testemunho dos apóstolos
Lá está para o nosso benefício
De onde virá em glória para julgar

1. Foi Jesus elevado às alturas: Este é o testemunho dos Apóstolos

O Evangelista Lucas fez questão de mencionar que os acontecimentos na vida e ministério de Jesus foram acompanhados por testemunhas (como vimos na passagem lida).
E devemos nos lembrar das palavras de Jesus. Jesus Cristo repetindo Dt 17.16 e 19.15 diz que “pelo depoimento de duas ou três testemunhas, toda palavra se estabeleça”. Sendo assim, Lucas, pelo Espírito Santo, não a toa escreve que “foi Jesus elevado às alturas, à vista deles,”…
Deles quem? A resposta é: Pedro, João, Tiago, André, Filipe, Tomé, Bartolomeu, Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, filho de Tiago (veja At 1.13). Os onze Apóstolos.
Este é o modo bíblico de dizer a todos que a ascensão de Jesus é um fato verdadeiro conforme a Lei de Deus e dos homens, pois Jesus foi elevado às alturas à vista de 11 testemunhas.
Os Apóstolos estavam no monte Olival de onde Jesus foi elevado às alturas em Betânia uma localidade perto de Jerusalém. E foram estas testemunhas que cheias do Espírito Santo partiram de Jerusalém para encher o mundo com o testemunho da glória de Jesus!
Os Apóstolos testemunharam a ascensão de Jesus Cristo uma visão totalmente diferente daquilo que eles tinham testemunhado 40 dias antes da ascenção. E o que eles testemunharam 40 dias antes da ascensão?
A vergonha de Jesus Cristo na cruz! Os apóstolos e toda Jerusalém viram Jesus fora da cidade num monte e humilhado numa rude cruz! Eles viram Deus Pai elevar Seu filho na maldita cruz. Os Apóstolos viram Deus Pai humilhar o Seu filho ao ponto mais baixo para poder salvar você!
Mas, os onze no dia da ascensão viram o mesmo Jesus que foi humilhado, sendo elevado às alturas. Os onze viram o Deus Pai exaltando Jesus a uma posição acima de todos dos homens, sendo colocado acima dos céus! Sim, pois o texto diz que Jesus Cristo foi elevado “às alturas”!
Meus amados irmãos, Jesus Cristo apaga a visão humilhante na Cruz e faz os olhos dos Apóstolos ficarem fixados no Seu momento de Glória, sendo escondido por uma nuvem! Isto é uma visão gloriosa da pessoa e majestade do Senhor Jesus. Os onze apóstolos testemunharam este acontecimento.
E os Apóstolos pregaram a toda casa de Israel e ao mundo a mensagem da ascensão gloriosa de Jesus Cristo! Este é o Evangelho da glória de Jesus testemunhado pelos Apóstolos: Jesus foi elevado às alturas!
Amados irmãos, esse testemunho apostólico chegou até nós pelo Evangelho escrito na Bíblia, pregado pelos ministros, no Credo e em nosso Catecismo, para proclamar a você a glória de Jesus Cristo para nossa salvação.
Amados irmãos, este é o Senhor Jesus em quem você deve fixar os olhos. Jesus não foi mantido em humilhação elevado numa cruz ou escondido numa tumba, mas o Seu Salvador foi pelo poder de Deus elevado às alturas e foi escondido por uma nuvem e está no céu à direita de Deus Pai Todo-Poderoso!
E esta ascensão gloriosa de Jesus Cristo foi para o benefício dos Seus amados, da Sua Igreja, ou seja, para o seu benefício como membro de Cristo. E isto nos leva ao segundo ponto.

2. Foi Jesus elevado às alturas: Lá está para o nosso benefício

O testemunho dos Apóstolos é que Jesus Cristo foi exaltado “às alturas”. Saiba que no contexto “às alturas” é o mesmo que “céu”. E a palavra céu logo nos leva a pensar na morada de Deus, onde Seu alto e sublime trono está, de onde a Escritura diz que Deus dispensa a Sua bênção à terra, especialmente, ao Seu povo.
E no Evangelho de Lucas, o Espírito Santo, dá certos detalhes da ascensão de Jesus que mostram a glória de Jesus como o Sumo-Sacerdote, que se separa dos Apóstolos e é elevado ao céu abençoando os Seus amados (veja Lc 24.50,51).
Esta descrição mostra mais uma face do Evangelho na ascensão de Jesus Cristo. Jesus Cristo é o nosso Sumo-Sacerdote que vai ao céu nos abençoando e continua lá para nos abençoar.
E saiba que nunca houve um momento que Jesus Cristo deixou de nos abençoar:
Toda a criação é uma bênção que foi criada por meio de Jesus Cristo e para glória de Jesus! Nossa salvação foi uma bênção de Jesus: Jesus encarnou para morrer e nos abençoar com o perdão dos pecados… Jesus ressuscitou dentre os mortos e nos abençoou com Sua justiça perfeita… Jesus manda Seus pregadores e abre nosso entendimento para recebermos a mensagem de salvação… E Jesus como homem justo venceu a morte e foi elevado ao céu para continuar a nos abençoar. Sendo assim, Jesus Cristo sempre nos abençoou e eternamente nos abençoará!
Agora podemos usar o catecismo como um guia doutrinário que ecoa o ensino da Escritura “sobre de que modo somos abençoados com a ascensão de Cristo ao céu”. O catecismo coloca o seguinte:
Primeiro, Jesus no céu nos abençoa com a Sua intercessão. Jesus é o nosso Advogado no céu diante do Pai. O Apóstolo Paulo falando da obra de Deus em favor dos seus eleitos diz em Rm 8.34: “Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós.”
O Apóstolo neste texto fala que o benefício da ascensão é que da direita de Deus Jesus intercede por nós! …
Pare para pensar: nesse exato momento Jesus Cristo está à direita do Pai reivindicando o perdão que Ele conquistou na cruz para o nosso bem! Que coisa maravilhosa! E Sabe a consequência disto? Isto elimina qualquer condenação para o inferno, pois Jesus é o Advogado do Seu povo.
Sabe como você deve usar está doutrina? Quando o diabo, o mundo e a sua consciência fraca quiser condenar você por seus pecados que foram perdoados, então, lembre-se que Jesus foi elevado às alturas e está lá como nosso Advogado diante do Pai. Pense: Pela intercessão de Jesus nem Deus me condena. Então, como meus inimigos e minha consciência fraca pode me condenar?
Meu amado irmão em Cristo você tem um benefício real! O Evangelho na ascensão chama você a confiar na Intercessão de Jesus. Lembre-se que os Apóstolos viram Jesus elevado às alturas!
O Catecismo coloca também outro modo como somos beneficiados com a ascensão de Jesus (veja o segundo ponto da Resposta 49).
Jesus é Deus e é homem. E segundo a Sua natureza humana Jesus Cristo não está mais na terra! Assim essa ascensão de Jesus Cristo como homem sendo elevado ao céu é a garantia que Ele nos levará para Si! Por que isto é nossa garantia?
Ora, a Escritura mostra que Jesus Cristo é nossa carne e é o nosso Cabeça! Então, Jesus é a garantia que nós como homens e como Seu corpo seremos elevados às alturas e nos encontraremos com Ele no céu!
Os Apóstolos testemunharam isso no monte Olival, pois o Jesus que foi elevado às alturas foi o mesmo que durante 40 dias foi tocado por eles, ensinou e começou com eles.
O Apóstolo Paulo, pelo Espírito Santo, nos consola com esta promessa (veja 1 Ts 5.1518). O Apóstolo diz que seu ensino é palavra do Senhor Jesus Cristo!
Então, meu amado irmão em Cristo, Jesus nos prometeu que nós estaremos com Ele! Jesus cumpre tudo o que Ele promete, pois Jesus é Fiel e Todo-poderoso! …
Sendo assim, como você pode se perturbar e se desesperar diante das lutas nesta terra? Jesus Cristo já cumpriu parte de Sua promessa: Ele foi elevado às alturas para preparar lugar para Seu povo nas moradas celestiais. Não se perturbe pelas lutas nesta terra ao ponto de perder a alegria e esperança em Cristo! A ascensão lembra a você que a sua esperança não se limita a esta vida terrena!
O terceiro modo como somos beneficiados por causa da ascensão: Recebemos o Dom do Espírito Santo. Jesus prometeu isto (Jo 16.7; Lc 24.49 e At 1.5,8). E Jesus Cristo do céu cumpriu a Sua promessa.
Jesus Cristo do céu derramou o Espírito Santo na Igreja, enchendo do Espírito Santo Seus Apóstolos e discípulos, batizando Sua igreja com o Espírito Santo no dia de Pentecostes! Assim esse foi mais um benefício da ascensão.
Meu irmão em Cristo, por meio da fé em Cristo, você foi selado e passou a ser habitação do Espírito de Cristo. Isto tem conseqüência … e qual é a conseqüência? …
O Espírito de Cristo capacita você a buscar “as coisas do alto – onde Cristo está sentado à direita de Deus – e não as que são da terra”.
E pela Palavra de Deus faço uma pergunta a você: Você tem percebido em Sua vida as conseqüências da ascensão de Jesus? Você tem sentido o poder do Espírito de Cristo operando em você? Você tem buscado em primeiro lugar as coisas do céu onde Jesus está? Quais as marcas desse benefício da ascensão de Jesus em você?
Meu amado irmão, quantos cristãos dentro da Igreja precisam manifestar que o Espírito de Cristo vive neles! O que temos visto na igreja é o contrário daquilo que a palavra de Deus mostra de uma vida cheia do poder do Espírito de Cristo:
Vemos membros buscando seus próprios interesses e caindo em “prostituição, impureza, a avareza, que é idolatria! Como temos presenciado problemas na Igreja provocados pela ira, fofocas, maledicência, mentiras entre os irmãos, partidarismo”.
Amados irmãos, devemos como igreja nos preocupar com estas manifestações que não pertencem ao Espírito de Cristo, mas ao velho homem! De fato, o que temos presenciado na Igreja mostra a necessidade de arrependimento e de uma vida conforme a doutrina da ascensão!
Meu irmão em Cristo, Jesus foi elevado às alturas para que o Espírito Santo e as coisas do alto descessem e enchessem a nossa vida! Então, como eu ou você, que estamos em Cristo e que temos o Espírito Santo em nós, não buscamos as coisas do alto?
Preste atenção: Nenhum membro da igreja tem desculpas para viver uma vida cheia de pecados, sem manifestar as coisas do alto: a misericórdia, a bondade, a humildade, a mansidão, a paciência com a fraqueza dos seus irmãos, o suportar uns aos outros, praticar a exortação e o perdão amoroso entre os irmãos, o falar a verdade um ao outro, ter a paz de Cristo como o árbitro em nossos corações.
Jesus Cristo com Seu Espírito capacitou você a buscar as coisas do alto e a encher sua mente com estas coisas que estão, “onde Cristo vive, assentado à direita de Deus” (leia em sua casa Cl 3.1-17). Faça isto pois Jesus Cristo capacitou você.
Deus chama a Igreja a viver, como eleitos, manifestando em sua vida os benefícios da ascensão, as obras do Espírito de Cristo! Seja estimulado pelo amor a Jesus e pelo fato que Ele vem e se manifestará, então, seremos manifestados com ele, em glória! … E isto nos leva ao terceiro e último ponto:

3. Foi Jesus elevado às alturas: De onde virá em glória para julgar

Vamos voltar para At 1.9-11. Veja o v. 10. A cena da ascensão foi tão impressionante que os apóstolos ficaram com os olhos fixados, presos, em Jesus sendo elevado às alturas.
O desejo de Deus não era que os Apóstolos ficassem no monte em Betânia com os olhos fixados no céu, porque “de repente” surgem dois anjos ao lado deles.
Estes anjos chamam atenção para quem os apóstolos são e para as palavras de Jesus (veja o v. 11). “Varões galileus! Eles lembram aos Apóstolos a ligação deles com Jesus, o Galileu! Jesus estava sendo conhecido como “o galileu” (Mt 26.69). Então, a palavra dos anjos mostra que a separação física de Jesus não afastava a íntima ligação deles com o Senhor.
Também os anjos lembram as palavras de Jesus, quando dizem: “Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o viste subir”. Veja Lc 21.27 Jesus dizendo: “Então, se verá o Filho do Homem vindo numa nuvem, com poder e grande glória! Assim os anjos na ascensão já apontam para vinda gloriosa de Jesus Cristo!
Devemos olhar para ascensão, mas lembrando da Vinda de Jesus Cristo! Uma vinda que será “do mesmo Jesus e do mesmo modo”, ou seja, Jesus fisicamente e com muita glória virá DO CÉU numa nuvem, não para ser humilhado, mas EM MAJETADE E GLÓRIA! A igreja confessa a Escritura no Catecismo (veja a R 46).
E a igreja confessa que essa vinda será “para julgar os vivos e os mortos”! Você tem pensado na vinda de Jesus Cristo? Você como membro têm trabalhado e vivido nessa expectativa?
Não podemos deixar a mensagem da vinda de Jesus Cristo seja uma mensagem somente das seitas que dão muita ênfase na volta de Jesus. A Igreja de Cristo é que tem a tarefa de anunciar essa mensagem ao mundo! A igreja deve proclamar que FOI JESUS ELEVADO AO CÉU, MAS EM GLÓRIA ELE VIRÁ!
A mensagem da vinda de Cristo foi muito usada pelos apóstolos para consolar a igreja debaixo de tribulação, estimular os cristãos a viverem em santidade e levar os pecadores a se arrependerem ao Senhor Jesus Cristo.
A Igreja Reformada precisa viver debaixo da esperança da volta de nosso Salvador e Senhor Jesus Cristo, para sermos consolados em nossas tribulações, buscarmos mais a santidade e trabalharmos mais na evangelização dos que estão fora da igreja!
Meu irmão em Cristo, pergunto …: Você tem vivido na expectativa da vinda de Jesus Cristo em glória? … Você tem lembrado da promessa dada por Jesus Cristo no dia da ascensão para se consolar em suas tribulações e lutas? … Você tem vivido uma vida de santidade sabendo que irá prestar contas ao Seu Senhor que está vindo? … Você tem contribuído com seus dons para que os pecadores perdidos ouçam o Evangelho da glória de Jesus Cristo que vem julgar vivos e mortos? Pense: Jesus Foi, mas Ele vem.

Conclusão:

Veja qual foi a conseqüência das palavras dos anjos na vida dos Apóstolos: Lucas em Seu Evangelho diz (Lc 24.52): “então, eles, adorando-o, voltaram para Jerusalém, tomados de grande júbilo; e estavam sempre no templo, louvando a Deus!
Note as palavras do Espírito Santo no texto: então, ELES, ADORANDO … VOLTARAM …, TOMADOS …, ESTAVAM …
Em nome de Cristo pergunto: Você tem ADORADO JESUS CRISTO JUNTO COM SEUS IRMÃOS? Você tem OBEDECIDO JUNTO COM SEUS IRMÃOS a vontade de Jesus Cristo? Você tem vivido JUNTO COM SEUS IRMÃOS uma vida de MUITA ALEGRIA NO SENHOR? Você tem buscado JUNTO COM SEUS IRMÃOS estar na presença de Deus com salmos e hinos de louvor? Resumindo: VOCÊ TEM VIVIDO A COMUNHÃO DOS SANTOS NO SENHOR JESUS CRISTO?
O Senhor Deus chama a cada um de nós a viver as conseqüências da ascensão! E nada pode impedir você disto, pois o Espírito Santo vive em você e assim Jesus Cristo está em você!
Meu amado irmão, Se você não sente forças para viver o Evangelho, ore a Deus nesse momento pedindo uma renovação, use os meios da graça, ouça o Evangelho na pregação e no sacramento da Santa Ceia!
Encerro dando ênfase à Santa Ceia: O Espírito Santo deixa viva em nossa mente o poder salvador de Cristo e que Ele foi elevado e que voltará em glória. O Espírito Santo fortificará a sua fé na vinda de Cristo e assim consola você e lhe dá ânimo na caminhada de santidade para encontrar o Senhor!
Então, veja como Jesus Cristo mesmo fisicamente no céu (não no pão e no vinho), continua espiritualmente alimentando a Sua Igreja através da Santa Ceia. Então, não se desespere, não se perturbe, pela Fé, espiritualmente tome e se alimente do Senhor Jesus Cristo e CONTINUI ESPERANDO AQUELE QUE FOI JESUS ELEVADO AS ALTURAS E QUE VIRÁ! …
Amém.

Um comentário:

Anônimo disse...

Rev. Adriano,

Louvo a Deus pela sua maneira simples de expor profundas verdades bíblicas. Quão rica é essa doutrina da ascenção de Cristo! Ela foi defendida pelos apóstolos, e, como vimos, os nossos querido irmãos reformados também a entendiam muito bem, a ponto de registrá-la em um dos nossos catecismos. A ligação da doutrina da ascenção com os estados de humilhação e exaltação, bem como com o seu ofício de sumo-sacerdote foi, para mim, o clímax da mensagem. Excelente associação! Isso nada mais é do que a demonstração da interligação, unidade e coesão das verdades reveladas nas Escrituras Sagradas. A minha oração é que as consequências dessa doutrina, como foi muito bem exposta na conclusão da mensagem, possam ser uma real evidência nas nossas vidas.
Um grande abraço,
Gerson.