terça-feira, 22 de abril de 2008

PENSE BEM ANTES DE SAIR DE SUA IGREJA OU DENOMINAÇÃO

Antes de você sair da denominação onde é membro, reflita seriamente sobre esta decisão. Principalmente, porque para tal atitude você deve ter fortes motivos, pois igreja não é um supermercado ou um clube social para que possa mudar de um para outro de acordo com seus interesses particulares e pelas ofertas que lhe são oferecidas.
Escrevo este artigo para ajudá-lo a pensar bem. Portanto, à Luz da Escritura, tenho algumas coisas bem gerais a dizer quanto ao assunto:

A primeira coisa que digo é que a igreja local é o Corpo Visível de Cristo plantada em determinado lugar (Ef 1.22,23; 4. 10-16; Cl 1.18). Por isso, não deve ser visto como algo tão simples sair de uma igreja e ir para outra.

A segunda coisa é que deve existir motivos legítimos para uma pessoa deixar a igreja em que se congrega. Por exemplo:

1. A morte — Quando você morre há uma mudança da igreja visível e terrena para a igreja invisível que está no céu (2 Co 5.1-10; Hb 12.22,23).

2. Mudança de residência — Caso você se mude de uma localidade para outra é difícil (muitas vezes) permanecer membro da igreja do local de onde você saiu. A atitude correta deve ser buscar a igreja fiel mais próxima da sua nova residência e apresentar aos presbíteros desta igreja uma carta de testemunho emitida pela sua igreja de origem.
Esta carta de testemunho dada ao membro e direcionada à igreja que o recebe é indispensável, pois ninguém com base na Escritura pode testemunhar por si mesmo (Dt 19.15; Jo 5.31; 2 Co 3.1-3; 13.1).

3. Excomunhão — Quando um membro permanece deliberadamente em pecado ao ponto de ser excomungado, então, este membro é desligado da igreja na terra e, consequentemente, da igreja que está no céu. Assim deixa de ser membro da Igreja de Cristo (Mt 16.17-19; 18.15-20; 1 Co 5.1-5).

4. Abandono da Verdade por parte da igreja ou denominação da qual você é membro — A Igreja tem marcas que mostram que ela pertence a Cristo por se manter fiel à Verdade do Evangelho. São elas:

a. A prática da Pura Pregação do Evangelho (Gl 1.8,9; 1 Tm 3.14,15).
b. A manutenção da pura Administração dos Sacramentos, a Santa Ceia e o Santo Batismo, segundo Cristo os instituiu (At 19.3-5; 1 Co 11.20-29).
c. O exercício da Disciplina na igreja para a punição dos pecados e a correção do penitente (Mt 18.15-17; 1 Co 5.4,5,13; 2 Ts 3.6,14; Tt 3.10).

Quando você descobrir que sua denominação não tem essas marcas ou as perdeu, abandonando a Verdade da Palavra, então, por necessidade, deve advertir e chamar seus líderes e a igreja ao arrependimento e o retorno à Verdade.
É importante que busque na igreja ou na denominação outros irmãos fiéis, especialmente homens ordenados, que estejam percebendo os mesmos problemas, para juntos trabalharem nesse chamado ao arrependimento e à Verdade.
Este chamado deve ser feito aos líderes da sua igreja ou denominação de modo claro (através do diálogo e por meio de documentos oficiais), com todo respeito, verdade, paciência e amor.
O fato de seus líderes estarem guiando a igreja no erro ou para o erro não lhe tira a responsabilidade de honrá-los como autoridades constituídas por Deus sobre você e de tratá-los com amor e paciência (Êx 20.12; Rm 13.1; 1 Ts 5.12,13; Hb 13.17; 2 Tm 2.14-26).
Depois deste chamado bíblico, aguarde em oração e veja se o chamado produziu resultado.
Habitualmente este resultado não é imediato, especialmente, se sua igreja ou denominação tiver um sistema de governo hierárquico ou conciliar. Por isso deve ter paciência e aguardar o resultado (aceitação ou rejeição) que virá através das respostas dadas pela igreja local ou pela denominação, quer sejam por meio de cartas-respostas, manifestações práticas ou pelo silêncio (ato de ignorar seu chamado).
Caso tenha provas claras de que sua igreja ou denominação não deseja atender o chamado da Escritura de retornar ao Caminho, então você agora tem motivos bíblicos para sair dessa igreja ou denominação.
Acredito que estes quatro motivos são biblicamente legítimos para levar uma pessoa a deixar sua igreja ou denominação.

A terceira coisa importante neste processo de mudança de uma denominação para outra, é o estudo, a oração e a meditação.
Estudo para saber os reais motivos que levam você a mudar da denominação que você faz parte.
Oração, pois precisa apresentar seus planos e ansiedades ao Senhor Deus e dEle pedir orientação e paz em Cristo para agir com sabedoria bíblica (Pv 16.1-3; Fp 4.4-6).
Meditação, para levá-lo a refletir na seriedade de uma possível saída de uma igreja da qual faz um julgamento. Faça isso após meditar nos resultados dos seus estudos, após analisar a realidade espiritual da igreja onde é membro, nas orientações que o Senhor lhe der pela Sua Palavra e nos conselhos recebidos de outros irmãos fiéis e mais experientes, sobre a questão.

A quarta coisa é que o período de meditação deve incluir o estudo da Igreja que pensa fazer parte. Lembre-se que você não deve sair de sua denominação e ficar vagando pelo mundo sem estar ligado ao Senhor Jesus Cristo por meio da comunhão com uma igreja fiel.
Você deve lembrar que é seu dever estar ligado a uma igreja de Cristo, porque fora da Igreja de Cristo não há salvação (Mt 16.18,19, At 2.47; Gl 4.26; Ef 5.25-27; Hb 2.11,12; 12.23). Por isso é vital estar em comunhão com uma igreja verdadeira, uma igreja fiel (2 Cr 30.8; Jo 17.21; Cl 3.15; Hb 10.25).
Só depois deste período de meditação, você poderá tomar a atitude de sair de sua igreja ou denominação.
Encerro pedindo que você tome este pequeno artigo como um conselho prático e bem geral, mas que acredito ser pautado na Palavra de Deus e que poderá ajudá-lo a refletir bem antes de sair da sua igreja ou denominação.

Fraternalmente, em Cristo,

Rev. Adriano Gama

13 comentários:

Anônimo disse...

Meu Deus! Como Deus falou comigo através deste estudo... Na verdade foi uma resposta de Deus pra mim.
Excelente! Obrigado Pastor. Deus abençoe!

ivete disse...

parabens pr. adriano gama.
entre tantos outros estudos e artigos, este sobre pensar bem antes de sair de sua igreja é uma benção.muito bom ter eceso a eles.
DEUS abençoe seu trabalho.

VIVI - VENCENDO CADA DIA!!! disse...

Pastor,bom dia,foi bom ver esse artigo,pois me tocou muito,estou com esse problema.Tem 1 mês meu esposo voltou para a igreja e foi pra Assembléia de Deus e eu sou da Presbiteriana.Eu estou acompanhando ele na assembléia,mais o pastor de lá quer que eu batize,e eu não sei se quero ficar lá,pois a assembléia é muito rígida,quero ficar na presbiteriana e ao mesmo tempo sinto que tenho que apoiar o meu esposo.O que eu faço pastor???
aguardo o seu retorno,se não for no meu blog,no meu e-mail.
Deus abençoe!!!

Rev. Adriano Gama disse...

Cara Viviane,

Saudações no Senhor,

Minha irmã seu caso é um desafio de Fé. Você é membro em que igreja presbiteriana e em qual cidade de MG?
É importante você buscar orientação de seus presbíteros. Eles são ordenados por Deus para lhe orientar quanto essa questão.
Contudo, posso dizer a você que dentro do estudo há as bases da Escritura para nortear você. E nas bases expostas aconselho você não acompanhar seu marido, mas tentar mostrar a ele quem é a Assembléia de Deus.
A Assembléia de Deus é uma seita e não uma igreja verdadeira de Cristo como a Igreja Presbiteriana do Brasil é. Claro que quando afirmo isto não estou condenando todos da Assembléia para o inferno. Não cabe a mim este duro julgamento. Mas, posso dizer que conheço muito bem a Assembléia de Deus, pois fiz parte dela por 11 anos. Labutei na obra pentecostalista com muito ardor, tive todas as experiências pentecostalistas que você pode imaginar e não imaginar. Muitos de meus familiares são da Assembléia. São Pessoas que eu amo e respeito bastante, especialmente, pelo sincero desejo de muitos deles deseja servir ao SENHOR.
Contudo, as doutrinas da Assembléia de Deus, especificamente, quanto a pessoa e obra do Espírito Santo, dos sacramentos (Ceia e Batismo, governo da Igreja e Salvação são contrárias ao que a Escritura revela.
Por isso, não aconselho você a se afastar de uma Igreja de Jesus Cristo (IPB) e se unir a uma seita.
Falo isto com amor ao seu marido, a você e a todos da Assembléia de Deus.
Encerro aconselhando você a buscar seus oficiais e a se manter fiel com seus filhos dentro da Igreja de Cristo (IPB) que vocês são membros. Além disso, seja sempre uma mulher que apresenta seu marido em oração e que mostra a submissão bíblica a ele, mas, acima de todos, ao Senhor Jesus Cristo.
Para sua meditação coloco os seguintes textos para auxílio seu para vencer esse desafio (Efésios 5.22-24; 1 Pedro 3.1-6; e guiando todos esses textos: Atos 4.19,20.
Também recomendo a você que adquira o Livro: "Esposa Excelente", Martha Peace - Editora Fiel. No meu site tem o endereço dessa Editora na parte sobre sites edificantes.

Em Cristo,

Pr. Adriano

VIVI - VENCENDO CADA DIA!!! disse...

Pastor,Paz do Senhor,obrigada pela resposta,se eu estou com essa imensa dúvida não é a toa.Sou membra de Igreja Presbiteriana Do Brasil da cidade de Ipatinga-minas gerais.Obrigado pela dica, estarei procurando um presbítero da minha igreja por causa dessa dúvida.Espero de uma vez resolver,pois não aguento mais pensar nisso..
Deus o abençoe.

Anônimo disse...

Caro Rev. Adriano Gama, sou tb pastor da Igreja Presbiteriana, só q da Independente. achei o estudo muito bom, porém o comentario q o Senhor fez contra Assembleia de Deus foi muito radical. baseado em que fatos (pessoais, biblicos, históricos) o senhor falar isso. fiquei com muita curiosidade de Saber. Espero que vc me responda por email edgaresimone@bol.com.br.
Pela COROA REAL DO SALVADOR!

Anônimo disse...

a iad é uma seita?????????
misericórdia!
Q Deus tenha miséricórdia de todas essas pessoas q acham q só a religião delas é a que leva ao céu.
N~ao pass ei aki pra criar confusão,só quero aconselhar a todos q antes de sair postando qualquer besteira desse tipo,que pesquise o início de cada instituição.
ah,e só pra notificar,não sou membro da AD, e sim da IG Cristã Evangélica Casa de Oração
(minha nossa, será q tbm participo de uma seita??????brrr)
abram os olhos,a mente,o coração,mas mais do que tudo...
a bíblia!!!!
Deus abençoe a todos

Isabel disse...

A paz do SENHOR JESUS!
Este artigo foi importante nesse momento que estou vivendo. Meu irmão de sangue congregava comigo na mesma igreja desde 2004 e agora resolveu sair, creio eu que influenciado pela esposa que casou a uns 5 meses.Ela esta ferida com algumas atitudes do pastor. Mandei esse artigo para ele ler espero que ele volte atraz em sua decisão.

Gostaria de lhe perguntar a respeito de quem vem primeiro diante de DEUS; A AUTORIDADE DE PASTOR OU ELE COMO MEU IRMAO EM CRISTO? É POSSIVEL CONFRONTAR UMA AUTORIDADE BIBLICAMENTE? Aonde entra levitico 5? Mateus 18? para pastor nao pode?

Ouvi falar que na Biblia nao fala que nenhum profeta confrontava reis e autoridades.Isso é verdade?

A luz da Biblia o senhor pode me explicar isso?

Anônimo disse...

EU ENTREI AQUI COM O INTUITO DE SER EDIFICADO E NA VERDADE FUI. MAS INFELIZMENTE ACABEI ENTRISTECIDO COM O COMENTÁRIO DO PASTOR SOBRE A ASSEMBLÉIA DE DEUS. É UMA PENA QUE SUA EXPERIÊNCIA NA ASSEMBLÉIA TENHA SIDO MARCANTE MAS ANTES DE TAXAR UMA IGREJA DE SEITA É PRECISO REVER CONCEITOS DOUTRINÁRIOS, A POSTURA MORAL DOS ASSEMBLEIANOS, E ANALISAR SISTEMÁTICA E SINTÉTICAMENTE O QUE DIZ AS ESCRITURAS A ESSE RESPEITO. E AINDA QUE SEJA CONFIRMADO AVALIAR SE É DE ORDEM APOSTÓLICA ECLESIÁSTICA MINISTERIAL CRISTÃ OU ATÉ QUEM SABE HUMANAMENTE VIAGEM DESARRAIGAR A POSSIBILIDADE DE ESTÁ INSTITUIÇÃO CRISTOCENTRICA SER RELIGADA AO SEIO DE SEU SENHOR, JESUS CRISTO CONFORME O TEXTO APOCALIPSE 3.20 QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO E QUE AS DIFERENÇAS DOUTRINARIAS SEJAM ESCLARECIDAS UM DIA NA PRESENÇA DE DEUS NEM QUE SEJA NA ABERTURA DOS LIVROS MAS PARA A GLÓRIA DAQUELE QUE EDIFICOU SUA IGREJA COM SANGUE NA CRUZ DO CALVÁRIO. AMÉM AMÉM AMÉM......

Anônimo disse...

Oi meu querido, a paz do Senhor Jesus! Gostaria muito, assim como outros, que o amado irmão disponibilizasse o conteúdo que valida essa tão absurda, na minha opinião é claro, a seguinte afirmação: "A Igreja Assembléia de Deus é uma SEITA". Desde já agradeço, e oro pelo irmão, pedindo ao Senhor Jesus que lhe conceda graça e perdão por essa falácia.

adriana Ribeiro disse...

Poxa mas si em vez disso vc quizer sair por motivos de fraqueza da igreja qui vc ta e querer voutar pra sua antiga igreja ( Eu tenho 14 anos fui criado des dos 2 anos numa igreja cresci meus pais sairam quando eu tinha 8 mas eu fiquei firme com o meu avo ficou e eu ia com ele mas com o tempo eu sai (com 10 anos) e depois com 12 anos entrei em outra igreja e me batizei mas agora eu quero voutar o que eu posso fazer??

Anônimo disse...

Como que pode o Pastor dizer que minha igreja assembléia de Deus é uma seita.
por favor me responda?
envie para meu e-mail

newipanema@gmail.com

Mover do espirito é a assembleia de Deus.

Então se você pecar contra Jesus e pedir perdão ele te perdoa.

se pecar contra Deus é pedir Perdão ele te Perdoa .

Mas se pecar contra o Espirito Santo ... Pr que disse que a assembléia é uma Seita...

Hummm não gostaria de estar na sua pele irmão.

pecar com espirito santo é blasfemia e não tem perdão nem aqui nem no céu.

José Manuel Ndala disse...

Pastor sou membro da Igreja Presbiteriana Renovada e tenho pretenção de sair pura e simplesmente porque estou vivendo momentos conturbados. Foi instituido um novo Pastor e ele é muito fechado e desde que isso acontecei ele não vai com a minha cara, sou muito descriminado, já tentei isolar-me por essa razão, sinto que o método de liderança dele não é inclusivo. tenho estado a sofrer muito com isso e por pouco queria abandonar a fé. Deus falou comigo e pretendo continuar na presença do Senhor e desta feita decidi ir para a Igreja Assembleia de Deus Pentecostal. Que opinião dá-me sobre isso?