quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

CRISTO NOS FAZ PRISIONEIROS DELE PARA TERMOS SUA PAZ - Por Adriano Gama

LEITURA: Rm 5.1-11
TEXTO: Fm 1-3

Amada Congregação do Senhor Jesus Cristo e visitantes,

Poucas pessoas em nossas congregações têm acesso à história do autor da Confissão Belga, nosso amado irmão o Rev. Guido de Brès.
Mas aqueles que tiverem a oportunidade de ler sobre a vida de Guido de Brès terão um grande testemunho de um homem que viveu muitas TRIBULAÇÕES POR CAUSA DO EVANGELHO.
O Rev. Guido de Brès viveu num período da Reforma de terríveis perseguições à Igreja de Cristo. Numa época onde quem confessasse a Fé Bíblica tinha seus bens tomados, família separada, seriam presos, torturados e mortos.
O próprio Rev. Guido não descansou durante seu ministério. Tinha que fazer seus sermões escondido num pequeno barraco de ferramentas, viveu muito tempo usando um outro nome para evitar ser pego pelas autoridades, mas por fim foi feito PRISIONEIRO.
A cela onde ele passou vários meses ficava na parte mais baixa da prisão. A luz entrava por um pequeno buraco na parte superior da cela de onde também escorria o esgoto da prisão. Uma PERTURBADORA situação.
Mas irmãos, quando nós lemos os depoimentos de pessoas que o visitaram na prisão e as cartas que ele enviou para sua esposa, parece que aquele homem não estava passando por nada disto que acabamos de ouvir.
Agora pense: Humanamente falando o Rev. Guido tinha alguma razão para ter UM CORAÇÃO CHEIO DE PAZ? UM PRISIONEIRO com Paz no coração?
Para descobrimos a fonte dessa Paz no coração de Guidó de Brès, eu vos proclamo a Palavra de Deus no seguinte tema:

CRISTO NOS FAZ PRISIONEIROS DELE PARA TERMOS SUA PAZ

1. PAZ DA PARTE DE DEUS NOSSO PAI E DO SENHOR JESUS;

2. PAZ COM NOSSOS IRMÃOS

1. CRISTO NOS FAZ PRISIONEIROS DELE PARA TERMOS SUA PAZ: PAZ DA PARTE DE DEUS NOSSO PAI E DO SENHOR JESUS CRISTO;


Paulo está PRESO em ROMA quando escreve a Filemom e aos irmãos de Colossos. E na sua saudação Paulo se identifica como “Paulo. prisioneiro de Cristo Jesus” (v.1).
Agora você não acha estranha esta saudação? Como alguém de cara vai se identificar como um prisioneiro? Que honra há nisto?
Imagine você, alguém de dentro do presídio escreve para seus parentes: Fulano de Tal, o prisioneiro do Anibal Bruno...? Esta saudação seria muito esquisita e muito desonrosa!
É muito esquisito o título que Paulo dá para si na Epístola a Filemon. Ele pode se identificar como “servo de Cristo” (Rm 1.1; Fl 1.1; Cl 1.1; ), “apóstolo de Cristo” (1 Co 1.1; 2 Co 1.1;Gl 1.1; Ef 1.1; 1 Tm 1.1; 2 Tm 1.1; Tt 1.1) ou como simplismente Paulo (1 Ts 1.1; 2 Ts 1.1) ou até mesmo de forma forte como faz em Tito se denominando “servo de Deus e apóstolo de Cristo” (Tt 1.1).
Títulos fortes e que mostram uma grande posição dentro da Igreja de Cristo. Mas Paulo prefere se identifica como “prisioneiro de Cristo”? Por que ele não se identifica assim?
Por que Paulo quer mostrar que é um prisioneiro por amor do Evangelho, mas que apesar de ser um prisioneiro ele é um prisioneiro DE Cristo!
PRISIONEIRO DE QUEM? O texto diz: de Cristo Jesus” (v.1). O que é um prisioneiro? É alguém que pertence ao Estado. É alguém que por algum motivo perde sua liberdade e é colocado sob a guarda do Estado.
Paulo é um prisioneiro. Mas não do ESTADO! Paulo é o prisioneiro de CRISTO JESUS. Ele É PRISIONEIRO DO MESSIAS SALVADOR DO SEU POVO.
Paulo assim mostra que a SUA LIBERDADE não pertence a nenhum homem nem a ele mesmo. A SUA LIBERDADE PERTENCE A CRISTO JESUS, pois dEle Paulo é prisioneiro.
Por isso, ele não se envergonha deste título, porque é uma honra ser um prisioneiro de Cristo Jesus!
MAS, PRISIONEIRO POR CAUSA DE QUÊ? “Por causa do EVANGELHO (v. 13). Não por causa de um crime cometido. Não por causa de um ideal político. Não por causa de seus INTERESSES PARTICULARES, mas por causa da Boa Nova de Cristo Jesus. Do Evangelho que é poder de Deus, para reconciliar o homem com Deus e o homem com o seu próximo!
Paulo assim faz QUESTÃO de manifestar que é Cristo que o prende e que está aprisionado por causa de Cristo. Paulo deixa claro que CRISTO JESUS FEZ ELE RENUNCIAR SUA LIBERDADE, SEU CONFORTO PARTICULAR POR CAUSA DO EVANGELHO PAZ!
Irmãos, por causa de Cristo, Paulo tem problemas PARA-DAR-E-VENDER! Ele, humanamente falando, tem TUDO para ser um DAQUELES crentes depressivos por causa da PERTURBAÇÃO DA VIDA.
Paulo poderia ser MAIS UM daqueles crentes PERTURBADOS, DE CARA ABATIDA que quando você pergunta a ele: Como vai você irmão, está tudo bem? Ele responde SEMPRE com uma cara de enterro: “Mais ou menos ... é tanta luta, são tantos problemas...”.
Mas, você vê o CONTRÁRIO na Carta de Filemom. VÊ um Filho de Deus COM PAZ E QUE COMUNICA A PAZ AOS IRMÃOS!
VEJA A SAUDAÇÃO APOSTÓLICA no v. 3. Uma tradução mais literal do v. 3 é: Graça a vós outros e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.
Será que esta saudação é uma saudação de um CRENTE DEPRESSIVO E PERTURBADO? NÃO, DE MODO NENHUM!
Esta é a saudação de um Apóstolo e de um crente que PROVA A GRAÇA DE CRISTO. Alguém que por causa da graça recebe a paz que parte de Deus e do Senhor Jesus Cristo e entra em nosso coração!
PAZ que não vem dos homens nem da terra, mas que procede de Deus pai e do Seu Cristo. A paz que vem do céu para nós!
Por isso, nenhuma prisão, nenhum homem, nem nada neste mundo pode retirar esta paz de Paulo nem do coração dos filhos de Deus!
Mesmo que você passe pela mais terrível tribulação. Mesmo que você sofra as mais terríveis dores. Mesmo que você esteja se sentindo só ou abandonado por Seus parentes e amigos. Mesmo que visivelmente sua vida esteja sendo virada de cabeça para baixo.
Essa PAZ não pode ser arrancada do SEU CORAÇÃO, porque ela nasce em Deus, ela vem de Deus, ela nos pertence por causa do sacrifício de Cristo Jesus na Cruz! LÁ NA CRUZ, quando Cristo esta preso no madeiro, Ele faz, pelo Seu Sangue, a paz entre Deus e nós!
E DO CÉU ESTA PAZ É ENVIADA PARA NÓS POR PURA GRAÇA! Se você tem a paz com Deus, então, você tem a verdadeira paz nesta vida!
NÃO UMA PAZ MUNDANA! Aquela que: SE eu TENHO dinheiro no bolso: Ah! Tenho PAZ! SE POSSUO o que eu quero: Ah! Possuo PAZ! SE ESTOU com as contas pagas: ESTOU EM PAZ! SE DESFRUTO de uma boa relação na família: Ah! Desfruto de grande paz! Se GOZO dos PAPARICOS DA IGREJA: Hum! Como Gozo de Paz!
SE É ESSA A TUA PAZ, ENTÃO, VOCÊ TEM UMA FALSA PAZ! É A PAZ QUE VEM DO MUNDO E NÃO DE DEUS! E a mesma paz que seu vizinho descrente tem! E um TIPO DE PAZ que até o mundo e Satanás podem dar a você!
Agora, como você tem provado DA VERDADEIRA PAZ? COMO VOCÊ REAGE AS PERTURBAÇÕES do DIA A DIA? Você fica perturbado e se desanima logo com tudo e até com a Igreja de Cristo? Lembre-se: A FALSA PAZ é aquela que só existe quando tudo está andando do nosso jeito! Que só existe no seu coração, quando VOCÊ ACHA QUE ESTÁ TUDO NO SEU CONTROLE!
Se Você É UM crente e está PERTURBADO: ORE AO DEUS DA PAZ, RECORRA ao PRINCIPE DA PAZ, CRISTO! PEÇA AO PAI A PAZ QUE CRISTO CONQUISTOU PARA VOCÊ! Esteja debaixo da PREGAÇÃO do EVANGELHO DA PAZ.
Assim, com toda certeza, você provará A PAZ que Paulo como crente desfruta e como Apóstolo saúda a Igreja! A PAZ QUE PROCEDE DE DEUS PAI E DO SENHOR JESUS CRISTO!
Cristo fez o Apóstolo Seu Prisioneiro para que ele recebesse a PAZ que procede de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.

2. CRISTO NOS FAZ PRISIONEIROS DELE PARA TERMOS SUA PAZ: PAZ COM NOSSOS IRMÃOS

A paz que vem de Deus tem resultado em nossa vida! Ela se manifesta em nossos contatos com nossos irmãos.
É como a chuva: A chuva vem do céu. Ela cai sobre as plantas aqui na terra e faz estas plantas frutificarem!
A PAZ DE DEUS VEM DO CÉU E NOS FAZ FRUTIFICAR AQUI NA TERRA! ELA É UM FRUTO DO ESPÍRITO SANTO EM NÓS (GL 5.22)! Veja ESTA PAZ em Paulo:
O Apóstolo, CHEIO DO ESPÍRITO SANTO, diz que é prisioneiro NÃO para TIRAR PROVEITO PARA SI, MAS PARA O PROVEITO DOS OUTROS.
Ele usa o título de “prisioneiro de Cristo Jesus” para introduzir um pedido especial a Filemom. Ele quer promover a PAZ entre Filemom e seu escravo Onésimo (vs. 9,10). Ele quer promover a PAZ na Igreja, POR ISSO ELE ESCREVE TAMBÉM A IGREJA NA CASA DE FILEMOM (v. 2)!
Onésimo tinha roubado e abandonado seu senhor Filemom (8-17). Não sabemos como, mas Onésimo se encontra com Paulo e é salvo por meio da pregação do Apóstolo Paulo, que esta na prisão (v.10).
E agora Onésimo, que era inútil para Filemom É TRANFORMADO NUM SERVO ÚTIL PARA O PROGRESSO DO EVANGELHO. Onésimo chega a ser enviado por Paulo para Colossos, Igreja onde Filemom era Ministro da Palavra, como “o fiel e amado irmãos, para edificar a Igreja (Cl 4.8,9): O Evangelho TRANSFORMA UM HOMEM INÚTIL EM ÚTIL SERVO DO SENHOR!
AGORA VEJA: Paulo na prisão intercede por um irmão, para manter e promover a PAZ de Deus na Igreja!
Normalmente, quando sofremos QUEREMOS SABER SOMENTE DE NÓS MESMOS. Muitas vezes não estamos nem aí com os problemas dos outros! Geralmente dizemos nestas situações: Já tenho problema demais na minha vida para tentar resolver os problemas na vida dos outros!
Mas, Qual é a atitude de Paulo? É o contrário disto. Ele se preocupa com OS OUTROS! Ele se preocupa com a PAZ, COM A COMUNHÃO ENTRE OS IRMÃOS.
Ele intercede de forma tão intensa, gentil e amorosa por Onésimo ao ponto de PEDIR QUE FILEMOM receba o ex-esvravo-fujão como se recebesse a ele mesmo (v. 12, 17)!
Paulo chega ao ponto tomar as dívidas de Onésimo para si (v. 18,19)! Quem tem a PAZ de Deus PROMOVE A PAZ ENTRE OS IRMÃOS!
DEVEMOS tomar o CUIDADO PARA QUE A PAZ DE DEUS NÃO ESTEJA SOMENTE EM NOSSAS BOCAS E EM NOSSAS SAUDAÇÕES!
É fácil dizer que tem a PAZ DE DEUS E SAUDAR OS OUTROS COM A PAZ DO SENHOR, mas difícil é promover a verdadeira paz entre os irmãos, especialmente, quando você está em tribulação!
Por isso, uma Igreja que VERDADEIRAMENTE tem a PAZ DE DEUS, A PAZ DO SENHOR é aquela onde você pode ver a PAZ entre os Irmãos!
E COMO ESSA PAZ DO SENHOR SE MANIFESTA NA IGREJA? Quando vemos os membros MANTENDO E PROMOVENDO A COMUNHÃO.
Quando os Crentes REPUDIAM E LUTAM CONTRA FOFOCAS, INTRIGAS E O PARTIDARISMO DENTRO DA IGREJA!
Quando os crentes ao ouvirem sobre intrigas tentam apaziguar com a Palavra de Deus os ânimos das partes envolvidas! Quando há uma luta mortal contra toda e qualquer coisa e sentimento que ameace a paz entre os irmãos: NESSAS ATITUDES VEMOS QUE A IGREJA DE FATO TEM A PAZ DO SENHOR!
E aí: Como você tem promovido a paz de Deus na igreja? Como você tem se esforçado para que seus irmãos, irmãs cresçam na comunhão.
Como você tem evitado e lutado contra aquilo que pode PREJUDICAR a PAZ entre os crentes? Como você tem combatido A FOFOCA, AS INTRIGAS, OS RANCORES e O EGOÍSMO? Como você tem buscado usar todos os SEUS DONS para MANTER e PROMOVER A COMUNHÃO NA IGREJA?
A resposta a estas perguntas vai mostrar a você SE A PAZ DE DEUS ESTÁ OU NÃO EM SEU CORAÇÃO!
Preste atenção! Veja que o Espírito Santo diz: SE VOCÊ PREJUDICA A PAZ ENTRE OS IRMÃOS sendo um crente egoísta, fechado, resmungão, um crente não-me-toque, que sempre aponta para os erros nas pessoas, OU, se você é OMISSO NA TAREFA DE PROMOVER A PAZ na IGREJA: A PAZ DE DEUS E DO SENHOR JESUS CRISTO NÃO ESTÁ EM VOCÊ!
Arrependa-se deste pecado, porque a paz na igreja custou caro. Deus matou o Seu Filho para que sua igreja tivesse paz com Ele e dentro dela! Por isso, não canse de promover a paz entre os irmãos. Se esforce, pois para isto você foi salvo por Cristo. Assim poderemos não somente saudar, mas viver A PAZ DO SENHOR.
E se em nosso meio existem pessoas que não desfrutam dessa paz, porque estão fora de Cristo, saiba: Cristo é o PRÍNCIPE DA PAZ! Ele é a nossa PAZ! E você só pode ter PAZ verdadeira e real com Deus e com o Seu próximo SE você está em CRISTO. Por isso, confesse seus pecados ao SENHOR, peça a Ele o perdão dos seus pecados e, então, desfrute a PAZ que vem de Deus e do Senhor Jesus Cristo.


Conclusão:

Certo que o título de “prisioneiro” está ligado a Paulo, mas todos os cristãos são “prisioneiros de Cristo Jesus”. Com certeza nem todos estão em Prisões como Paulo, mas Cristo pela Sua morte nos tornou Seus prisioneiros, pois nos PRENDEU a Ele com Seu Sangue! Sendo assim, aproveite da PAZ que Cristo deu a você.
ENCERRO com o exemplo de nosso amado irmão Guido de Brès. Ele mesmo preso, segue o exemplo de Paulo, promoveu a Paz e comunhão entre os irmãos!
Ele na prisão enviou cartas encorajadoras para os crentes. Mas não somente isto. Ele escreveu um Livro sobre a Santa Ceia do SENHOR! Amém.
A Santa Ceia. Onde celebramos a PAZ QUE CRISTO conquistou para nós! A Santa Ceia que é um dos maiores SINAIS E SELOS da PAZ de DEUS E DA PAZ COM NOSSOS IRMÃOS!
Nosso Irmão, Rev. Guido de Brès, manifestou que também foi um verdadeiro “PRISIONEIRO DE CRISTO JESUS” NÃO SÓ NA PRISÃO, MAS ESPECIALMENTE, antes de ser ENFORCADO.
Ele, em PRAÇA PÚBLICA, encorajou e estimulou os seus irmãos a viverem fielmente ao Senhor e obedientes aos governadores.
Um homem que, pela graça de Deus, junto com o Apóstolo Paulo, verá o resultado de Suas algemas como um prisioneiro de Cristo Jesus Cristo no GRANDE DIA FINAL. Um homem que, como muitos outros, teve uma paz, cuja fonte é o Grande Deus e o Nosso Grande Salvador Jesus Cristo. Ao Princípe da paz seja toda glória. Amém.

Um comentário: