quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Será o Credo Apostólico Uma Invenção da Igreja Católica Romana?

Certa vez soube de algo interessante: Certo pastor que trabalhava em um campo missionário indígena não lia o Credo Apostólico nos cultos públicos. O motivo era porque os cristãos “evangélicos” daquela localidade poderiam acusá-lo de ser participante da igreja de Roma. Disse ele, que eles tinham sido ensinados por outros grupos “evangélicos” da região, que o credo apostólico era uma invenção dos católicos romanos. Agora, será que esta idéia que diz que o Credo Apostólico é uma invenção da igreja católica romana é verdadeira? Não, isto não é verdade.
Segundo a tradição da Igreja, o Credo Apostólico (o mais conhecido de todos os credos) é uma obra dos apóstolos. Os estudiosos não aceitam esta idéia e afirmam que o Credo Apostólico foi desenvolvido “a partir de pequenas confissões que os cristãos dos primeiros séculos faziam no momento que recebiam o sacramento do batismo. Embora os seus artigos sejam de origem bem antiga, acredita-se atualmente que o Credo Apostólico só alcançou a forma de hoje por volta do sexto século d.C (depois de Cristo), pois são encontrados registros do seu uso na ordem do culto oficial da igreja ocidental.”
A história nos revela que o Credo Apostólico vem de uma época anterior ao surgimento da igreja de Roma como instituição. Ele nunca foi uma invenção da igreja católica romana e nem um documento particular dela, mas é uma obra que pertence à Igreja do Senhor Jesus Cristo e que foi sempre usado como um instrumento de declaração de nossa Fé, de ensino e evangelização. Se estudarmos as obras dos reformadores, veremos que ele foi anexado, analisado e ensinado por eles. Ele faz parte de três dos principais catecismos reformados: o Catecismo de Heidelberg e dos dois Catecismos de Westminster (catecismos que fazem parte dos Símbolos de Fé das Igrejas Presbiterianas do Brasil).
Portanto, o Credo Apostólico não é documento inventado por um determinado grupo religioso, mas é um patrimônio e herança histórico-doutrinário da Igreja do Senhor Jesus Cristo na Terra.
Adriano Gama

Nenhum comentário: